8
Jun
2013
1

Santiago do Chile – roteiro básico parte I

A cidade de Santiago do Chile é sem dúvida um roteiro turístico super interessante, pois ela reúne tudo que uma metrópole traz de melhor alianhado a limpeza e educação do seu povo. Acredito que 1 semana é o suficiente para conhecer a cidade com calma e apreciar sua culunária recheada de frutos do mar. Segue um roterinho básico de como aproveitar bem essa cidade encantadora.

Cerro Santa Lúcia

Acorde disposto para encarar esse lugar pois terá que subir cerca de 300 degraus morro acima, mais eu juro compensa e muito, o lugar é simplismente maravilhoso e a vista da cidade é repleta de prédios antigos disputando cada metro com construções modernas, ao longo da subida você vai se deparar muitas estátuas, chafarizes, canhões e um linda fonte inspirada na famosa Fontana di Trevi na Itália, no topo as ruínas de um castelo.

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Bellas Artes e Lastarria

Saíndo de Cerro Santa Lucia na parte de trás você irá se deparar com um bairro muito charmoso em estilo Francês que é o Bellas Artes/Lastarria, é um lugar na minha opinião mágico que une o que há de moderno e clássico ao mesmo tempo. Nas construções antigas em estilo francês você encontra lojas modernas e alternativas, o bairro também possui museus, galerias de arte é um passeio sem dúvida muito agradável.

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto:@gabrielbarros

Foto:@gabrielbarros

La Chascona

E se estamos na terra de Pablo Neruda, por que não visitar sua casa, no bairro Bellas Artes está localizado o museu La Chascona, recebe esse nome porque foi uma das casas onde o escritor viveu com uma das suas três mulheres, ao todo no Chile existem 3 museus dedicado a Pablo Neruda todos eles em casas onde o escritou viveu e cada um recebe o nome de uma esposa dele, sendo eles La Chascona, La Sebastiana e Isla Negra. O La Chascona é o único localizado na cidade de Santiago e reúne uma coleção de objetos pessoais e acervo de livros.

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Cerro San Cristobal

E já que La chascona fica aos pés do Morro São Cristovão, por que nao subir e conhecer o santuário onde o papa João Paulo II rezou sua missa quando esteve na capital Chilena. Um morro de 300 metros de altura no coração sa cidade, no topo do morro tem uma imagem da virgem Maria de 22 metros. Para subir vá pelo funicular, a não ser que você esteja bem preparado fisicamente e para isso o morro possui muitas trilhas.

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Foto: @gabrielbarros

Esse roteiro eu fiz em um dia, e posso dizer que aproveitei bastante, como os lugares que indiquei são perto dá pra fazer tranquilamente, claro que você irá andar bastante mais eu penso assim, se for pra descansar e dormir eu não viajo, então quando estou viajando aproveito o máximo o meu dia, acordo bem cedo, tomo um super café no hotel e bora andar por tudo para poder conhecer o máximo possível, e a cidade  é bem plana só valendo um esforço extra para os morros mais como é tudo super bonito você não irá nem perceber o cansaço.

Mais dicas no próximo post.

You may also like

Santiago do Chile – Roteiro básico #2

Seja bem vindo e muito obrigada por seguir o OutsideBrazil!

%d bloggers like this: