31
Jul
2013
0
@GabrielBarros

Reflexão: 8 meses

@GabrielBarros

Foto: @GabrielBarros

Hoje está fazendo 8 meses que estou morando em Vancouver, e eu me peguei pensando em tudo o que vivi até aqui, pensei em que coisa estar pensando nisso agora exatamente quando completo 8 meses aqui em Vancouver..  a minha a decisão de mudar e todos os preparativos duraram exatos 8 meses, não que esse número quer dizer alguma coisa mais achei um grande coincidência mesmo. Enfim a adptação não está sendo fácil, pelo menos pra mim, todos dizem que o primeiro ano é sempre o mais difícil, não sei!!! E espero que realmente as coisas melhorem o ano que vem. Por que difícil? Acho que nunca tinha ficado tanto tempo assim longe de “casa”, sim Araraquara sempre continuará sendo minha casa, sinto falta de lá, sinto falta dos meus amigos, do meu cachorro e principalmente e a mais dolorida é a saudades da família…. a minha mãe chora quase todas as vezes que eu ligo o que torna cada ligação ainda mais difícil. Me sinto muito sozinha aqui isso é fato e o fato também é que eu e meu marido estamos ainda mais unidos, e por esse lado tem sido muito bom, mas ainda assim nos sentimos sozinhos. A língua é uma barreira enorme pra mim e por isso tive um primeiro semestre terrível na faculdade e um choque de cultura muito forte, uma vez que a maioria na minha classe era formada por indianos e se o inglês acadêmico já é difícil o sotaque dos indianos torna tudo mais difícil ainda pra mim,  e isso me fez desistir de algumas matérias, pois fazer trabalho em grupo era semi impossível , sendo assim não cursei o verão que é opcional e  confesso que estou com medo de retomar agora em setembro, vou ter que encarar não tenho mais escolha, espero estar um pouco mais preparada.

Apesar de difícil tem sido uma grande experiência, no geral, amo essa cidade, amo o clima daqui as pessoas, e as vezes me pego pensando que ficaria muito triste mesmo se tivesse que ir embora, penso realmente em construir a minha vida aqui, ter filhos, casa, cachorro e rezo para que a saudades não seja tão dolorida com o passar dos anos. A cidade é tão linda que o simpes fato de ficar olhando pela janela do Ap já faz com que eu me sinta bem e quando paro pra pensar sim a vontade de voltar é forte mais a de ficar ainda é maior, me sinto dividida mais sinto que ainda tenho muito o que fazer por aqui, e sempre me pego fazendo planos de que bairro comprar a minha casa, se quero casa nas montanhas ou uma apartamento no centro, que carreira seguir e que empresa trabalhar as vezes me sinto uma jovem de 20 anos começando a vida, talvez seja isso que me faça sentir bem, a possibilidade de me reinventar de recomeçar, de fazer novos planos e de começar tudo denovo.

8 meses é muito pouco tempo para pensar em voltar, mesmo porque ainda não vivi nada do que eu quero viver aqui, tenho muitos lugares pra conhecer e muita coisa pra aprender, certa vez li uma reportagem onde dizia que temos sempre 2 cidades na vida, a que nascemos e a que escolhemos, a primeira é sempre a nossa raíz mais a segunda é a que nosso coração escolhe, e acho que Vancouver é a minha cidade do coração, me apaixonei por ela assim à primeira vista.

Então no balanço geral a saudades é imensa mais tenho que aprender a conviver com ela, a adaptação é difícil e dolorida, mais é isso que acontece quando saímos da nossa zona de conforto e mudamos, toda mudança traz uma certa dor mais quando mudamos pra melhor logo tudo fica melhor. E é aqui que eu quero ficar….pelo menos por enquanto e pelo prazo que a minha alma inquieta me permitir!!!!

Siga o Outside Brazil clique nos links abaixo:

https://www.facebook.com/outsidebrazil
https://twitter.com/OutsideBrazilBl
https://www.instagram.com/cacaiani/

 

Está buscando as melhores opções de Hotel, temos uma ótima parceria com o Booking, não deixe de confeir:

 

You may also like

10 melhores países do mundo para ser um imigrante
Vancouver é a cidade mais cara do Canada, segundo recente pesquisa
Global Talent Stream – CIC lança a lista de profissões e mais detalhes sobre o novo programa
1 ano em Toronto – aprendendo a amar esta cidade
7 melhores outlets próximos de Toronto
ICEFEST – Festival de esculturas no gelo em Toronto
7 eventos gratuitos para curtir em Toronto em Fevereiro
Canadá é top 10 dos países menos corruptos do mundo
Como trabalhar legalmente no Canada
10 motivos para visitar Niagara Falls

6 Responses

  1. Deco

    Olá Carina, estava procurando sobre estudar em Vancouver e acabei de encontrando o seu site. Gostei muito do fato de você detalhar tantos tópicos diferentes, muito esclarecedor. Eu tenho uma dúvida e acredito que você possa me ajudar, muito simples, quesito esporte e academia: qual o preço das academias em Vancouver e existe academias dentro das universidades que possamos usar? e mais uma coisa é acessível a prática de esportes aquáticos como o remo ou é muito caro (ou não existe).
    Forte abraço.

    1. cacaiani

      Olá Deco, na faculdade que eu estudo não tem academia pelo menos não uma que pertença a facul, porém no mesmo prédio tem uma academia que é da Steve Nash, alías é uma rede bem conhecida por aqui, vc pode dar uma olhada no site. Essa academia que tem no prédio oferece desconto para estudante tem alunos lá que pagam em torno de $30 dolares para usar. Acho que é bem vantajoso! Outra dica é bem em conta é o YMCA eles tem preços ótimos para academia e natação e tem uma unidade na Burrard st (centro) super grande que tem de tudo. Quanto a esportes aquáticos aqui é o que mais tem principalmente no verão remo é bem comum porém eu não faço idéia de preços.
      Dá uma olhada nesses sites:
      Remo – http://www.fcrcc.com/ e http://dragonzone.ca/
      Academia: http://www.vanymca.org/ e http://www.snclubs.com/
      Espero ter ajudado!
      Abs

  2. Gabi

    Sinto a mesma coisa! Minha relaçao com meu namorado fica cada vez mais forte.mas ainda me sinto um peixinho fora dagua. Sair da zona de conforto é sempre estressante!

  3. Tais

    LINDA, adorei o texto! Consegui sentir o que você está sentindo, mesmo não vivendo isso. Sempre ouvi relatos e sei que a saudade vai ser sempre forte, mas você sempre sonhou com isso e não podemos desistir dos nossos sonhos tão rápido assim. Oito meses é bastante tempo, mas não é suficiente para viver esse sonho! Siga firme e forte com esse amor (pelo Gabriel e pelo sonho de viver fora). Estou aqui (por enquanto longe) torcendo demais para que tudo dê certo (está dando e vai dar).

Seja bem vindo e muito obrigada por seguir o OutsideBrazil!

%d bloggers like this: