5
Jan
2015
10

O que considerar antes de imigrar para o Canadá

Recentemente tenho notado que muita gente, mais muita gente mesmo tem pensado em sair do Brasil. Recebo bastante mensagens de pessoas querendo saber informações sobre processos de imigração para o Canadá. Até amigos e conhecidos que jamais imaginei que pensariam em se mudar do Brasil, passaram a demonstrar esse interesse! Enfim, são tantas pessoas que eu me pergunto o que será que está acontecendo? Porque de repente se mudar do Brasil virou a melhor solução para todas essas pessoas? Eu acho que cada um deve ter essa resposta dentro de si, cada um tem os seu motivos e razões. O fato é que se mudar para um outro país exige um certo planejamento e  já que estamos no começo do ano, é nessa hora que muita gente tem o hábito de traçar as metas e resoluções para o novo ano. Eu então resolvi escrever um pouco sobre esse assunto, afinal é uma mudança muito importante na vida de qualquer pessoa. É uma mudança que envolve muito planejamento, muito dinheiro, muita disposição e muita coragem! Então vou fazer uma revisão geral e tentar compilar os principais pontos sobre esse assunto.



Quero morar no Canadá?

Canadá é sim um país maravilhoso, porém se mudar para cá não é assim tão simples! Você já pensou que para morar no Canadá tem que ter um VISTO, e é esse colantinho no seu passaporte que te dará o privilégio de morar, estudar e trabalhar aqui. Os principais são:

Visto de Turista: como o próprio nome já diz, te dá o direito de ser um turista, de vir a passeio pelo prazo de 6 meses, portanto não é possível fazer mais nada que não seja passear! Você pode até fazer um cursinho de inglês nesse período e só! Não poderá trabalhar, e se o fizer será ilegal, não tem direito a nenhum tipo de serviço público, nada! você está no país a passeio!

Visto de residente temporário: esse tipo de visto é concedido para quem irá permanecer no país por mais de 6 meses com alguma finalidade e por tempo determinado, por exemplo: estudo, trabalho. Normalmente quem irá fazer intercâmbio por mais de 6 meses, quem irá fazer faculdade tem direito a ter o visto de residente temporário. E se o aplicante principal, no caso o estudante de uma faculdade for casado, o marido ou esposa terá direito a vir como acompanhante e esse terá direito a uma OWP (Open Work Permit), ou seja tem uma permissão de trabalho. Outra modalidade de visto de residente temporário é o de trabalho, esse para casos em que se tem uma oferta de trabalho de um empregador Canadense, ou para casos em que a empresa no Brasil é um multinacional e vai mandar o funcionário para o Canadá por um período. Somente enfatizando, tem que ter uma finalidade!!!! Um motivo, uma razão para poder ter esse visto. O residente temporário tem direito de ter documentos canadenses, e acesso a serviços públicos como saúde por exemplo. Tem outros casos mais específicos como visto para negócios, refugiados porém esses que citei são os mais comuns.

Visto de residente permanente: esse é o tipo de visto que todos sonham, é o tão almeijado status de imigrante, normalmente só tem direito a ele quem se aplicou e foi aprovado em algum dos programas de imigração oferecidos pelo governo canadense ou por provincias canadenses. Quem tem o PR (Permanent Resident), tem praticamente todos os direitos e deveres de um cidadão canadense, exceto o passaporte e o direito de votar, esses somente concedido após aplicar para a cidadania canadense. A cidadania pode ser adquirida após algum tempo de como PR, mais informações sobre cidaninia clique aqui.

Obter um visto para o Canadá não é difícil, porém como todo processo é trabalhoso, exige tempo e dinheiro. Todos que pretendem de alguma forma vir para o canadá tem que ter como livro de cabeceira o site do CIC do consulado canadense, este site tem exatamente TUDO o que você precisa saber! Ah o site é em inglês, e isso é outra coisa que você precisa considerar se quiser morar no Canadá, isso claro se optar por uma provincia que fala inglês, se não tem que aprender o francês.

Parece besteira isso tudo o que eu escrevi aqui, mais acredite, muita gente acha que é somente comprar a passagem e pronto.

Emprego no Canadá?

Certa vez recebi um email sobre alguém que estava vindo para Vancouver por 1 mês para estudar inglês! O fato é que essa pessoa tinha planos de em 1 mês arrumar um emprego e que esse empregador lhe desse o visto de trabalho. Somente para esclarecer, desde Junho/2014, estudar inglês não dá mais direito a ter o visto de trabalho. E sinceramente 1 mês não é tempo suficiente para conseguir um emprego e muito menos um emprego que te dê o sponsor!  Gente é preciso fazer planos concretos um processo de seleção em qualquer empresa dura muito mais que 1 mês. Em 1 mês você tem que modificar o seu CV para os padrões canadenses, tem que procurar e se inscrever nas vagas, tem que dar sorte de uma empresa entrar em contato com você. Todas as empresas aqui fazem uma entrevista inicial por telefone para ai, depois agendar uma entrevista pessoalmente. Se você for muito bem na primeira entrevista irão te agendar pelo menos mais duas: uma com o RH da empresa e outra com o Gerente da vaga.. ah! esqueci…. já no primero contato isso se não for no formulário de inscrição, você será questionado sobre o seu status aqui no Canadá, ou seja se tem permissão para trabalhar aqui, se não tiver acho difícil alguma empresa continuar com o processo. Se pode acontecer?? Eu acho que tudo é possível, porém para Imigrar não podemos contar com a sorte, temos que ter planos mais concretos. Se você possuir uma permissão de trabalho eu não acho complicado achar um emprego aqui, como por exemplo trabalhos em lojas, garçom, dishwasher, esses não são complicados porém para empregos de mais alto nível, esses sim exigem e demandam tempo, disposição, bom inglês, certa experiência na área, assim como é no Brasil. E gente, as pessoas que moram aqui não vão arrumar um emprego para você que está ai no Brasil só para você se mudar para cá! Não é assim que funciona. Se você quer realmente sair do Brasil, tem que considerar que terá que se arrumar sozinho, terá que considerar que poderá ficar alguns meses sem conseguir emprego quando chegar aqui. Depois de algum tempinho aqui você vai criando seu ciclo de amizades e ai sim poderá conseguir alguma indicação, algum tipo de ajuda…porém até então você estará por si só!

Preciso de inglês para arrumar um bom emprego?

Muitas pessoas acham que irão tirar de letra aprender uma nova língua morando aqui, sim eu concordo que é mais fácil quando você está inserido na cultura bla bla bla….Mas se você está se mudando para um país de língua inglesa é óbvio que você terá que se comunicar em inglês, e o seu nível de inglês determinará o seu nível de emprego e tudo mais. Não adianta ter 30 anos de experiência em cargo de gerência no Brasil e querer chegar aqui e ter o mesmo cargo se você só falar: “the book is on the table”…. como irá gerenciar uma equipe se não fala inglês? Considere isso antes de pensar em imigrar, falar inglês é crucial para o seu sucesso aqui! E considere se você está mesmo disposto a aprender, a começar novamente, a aceitar qualquer tipo de emprego no início.

Que benefício o Canadá me oferece?

Se você já se mudar para o Canadá com o status de Resident Permanent, você irá ter alguns benefícios como: aulas de inglês de graça, consultoria para se preparar para o mercado de trabalho canadense, algumas aulas para se preparar para entrevista, ajuda de onde pesquisar empregos, ou seja, o governo tem programas específicos para ajudar os recém chegados. Porém, não vão ter dar emprego, casa, comida e roupa lavada…tenha isso em mente!!! Esses programas irão te orientar, te dar suporte porém todo o resto dependerá somente de você. E esses programas são somente para quem for PR, se você estiver vindo para cá com outro status não terá acesso.

Planejamento e informação

Planejamento e informação é tudo na vida de um aspirante a imigrar, não venha na loucura, não venha se não tiver planos B e C. Já vi gente gastar tudo o que juntaram a vida inteira no Brasil e ter que voltar, já vi casamentos se desfazerem, ainda mais quando a decisão é mais a vontade de um e não dos dois! Se informe direito sobre todos os processos de imigração e sobre qual se aplica melhor para você. Vou dar um exemplo: tem gente que vem para cá para fazer curso de inglês, porém depois que chega aqui descobre que só o fato de fazer 6 meses de inglês não dá direito a entrar em nenhum processo de imigração, ai começa a ver as possibilidades: 1 arrumar um emprego que “qualifique” para um processo de imigração – não consegue! 6 meses passam rápido, ai alguém fala… – olha se matrícula em um college ou faculdade que depois que terminar você pode solicitar a sua PR (permanent Resident), então a pessoa raspa todas as suas economias para pagar uma faculdade achando que somente o fato de se formar depois de 2, 3 ou 4 anos irá dar o direito de imigrar…e ai quando se forma descobre que isso só terá o direito de estender o visto por mais 3 anos, e que se nesse período de 3 anos não arrumar um emprego na área de formação ou um emprego que qualifique para imigração não poderá aplicar para a PR…. quanto tempo, quanto dinheiro, quantas frustrações, disposição e sonhos… foi apostado nisso tudo?! Então eu sempre digo, se planeje, se informe e não acredite em tudo o que te dizem!!!!! Eu acredito que muita gente que você encontra nas comunidades, nos fóruns de discussão são super bem intecionadas, porém muitas podem não ter a informação correta, muitas somente sabem o que ouviram, ou somente se baseiam em suas experiências o que é ótimo, porém muitas vezes o que dá certo para um pode não dar para outro! Porém..tem gente que ainda não descobriu que aqui vende leite condensado! E dentro dessas comunidades tem muitas empresas que estão interessada em clientes e que muitas vezes irão te falar o que você quer ouvir! Não tenho nada contra, afinal essas empresas estão prestando serviços e são remunerados por isso, porém  o meu conselho é: cheque todas as informações que você receber, e não acredite se for muito fácil!

O Canadá quer você!

Em algumas palestras e reportagens que li, sempre tinha essa afirmação: o Canadá quer gente, o canadá precisa de gente!!! A questão é: o Canadá, quer gente sim, porém quer gente qualificada, quer gente que tenha condições de contribuir ativamente para a economia do País. O Canadá não quer gente que dê gasto para ele…. tem gente que me pergunta sobre o Canadá dar ajuda financeira para quem quiser vir morar aqui….gente eu nunca vi isso!!!!! Porque um país irá pagar para ter gente aqui…sendo que tem milhões de pessoas que estão dispostas a vir para cá e pagar por isso….Você já viu o quanto custa um processo de imigração…??? Tem milhares de palestrinhas no Brasil dizendo que o Canadá é uma mãe!!!! Cuidado com isso. Eu concordo que o Canadá é um país muito bom, porém ele não te dará NADA se você não tiver condições de dar algo para ele!!!!!! Pense nisso. Vejo sempre reportagens em revistas e jornais no Brasil dizendo que o Canadá precisa de milhares de profissionais em determinadas áreas, como saúde por exemplo, essas reportagens parecem ser a solução para qualquer um que atenda os requisitos, porém o fato é que para se reconhecer um diploma ainda mais na área de saúde aqui é um processo longo e caro. Realmente o Canadá tem uma demanda de enfermeiras por exemplo, porém para você que é enfermeira no Brasil poder trabalhar aqui não é assim tão fácil e essas reportagens e palestras se esquecem desse “detalhe” que faz toda a diferença! Pessoal não existem milagres, tudo o que parecer fácil, desconfie!

Aos que vierem sejam bem vindos e desejo boa sorte!!!!

Siga o Outside Brazil clique nos links abaixo:

https://www.facebook.com/outsidebrazil
https://twitter.com/OutsideBrazilBl
https://www.instagram.com/carinabarros_outsidebrazil/

TransferWise a maneira mais simples e barata de transferência internacional!

You may also like

10 melhores países do mundo para ser um imigrante
Vancouver é a cidade mais cara do Canada, segundo recente pesquisa
Global Talent Stream – CIC lança a lista de profissões e mais detalhes sobre o novo programa
1 ano em Toronto – aprendendo a amar esta cidade
7 melhores outlets próximos de Toronto
ICEFEST – Festival de esculturas no gelo em Toronto
7 eventos gratuitos para curtir em Toronto em Fevereiro
Canadá é top 10 dos países menos corruptos do mundo
Como trabalhar legalmente no Canada
10 motivos para visitar Niagara Falls

54 Responses

  1. Cláudio Schmitt

    Olá, Carina!!! Aqui quem escreve é o Cláudio, no ano passado (2015) escrevi algumas postagens para você, e em todas elas sempre me respondes com muita educação, humildade, sabedoria e simpatia, grato por seres essa pessoa maravilhosa e espetacular/sensacional/fantástica que és, continue sempre assim, querida!!!

    Tenho algumas curiosidades a perguntar: em certos países desenvolvidos (Alemanha, por exemplo), no ensino regular, assim que o aluno completa a 4ª série do ensino fundamental, ele automaticamente é direcionado para a carreira profissional que ele seguirá no mercado de trabalho, ou seja: se ele obteve ótimo desempenho escolar nas séries iniciais do ensino fundamental, ele já é direcionado para uma área acadêmica/intelectual/científica/pesquisa e tecnológica… Já aqueles alunos com baixo desempenho escolar são direcionados para áreas produtivas/operacionais: mecânica/elétrica/prestação de serviços e áreas afins, como se fosse o chão-de-fábrica brasileiro…

    Isso explica o porquê da Alemanha ser um país altamente desenvolvido e a economia mais pujante da Europa atualmente, mesmo passando por 2 terríveis Guerras Mundiais que arrasaram o país inteiro… E o índice de evasão/repetência escolar é baixíssimo, quase nulo, muito diferente da realidade brasileira, cujos índices são altamente preocupantes… A própria metodologia escolar brasileira, com os alunos olhando um para a nuca do outro (e não em círculos, como acontece por aí) e com a escola sendo um mero reprodutor de conhecimentos, e não uma instituição que, de fato, forme cidadãos críticos e construtores de um mundo melhor de se viver, faz com que os índices de evasão escolar por aqui sejam elevadíssimos e preocupantes…

    No Canadá, o sistema de ensino regular que, desde as séries iniciais do ensino fundamental já direciona o aluno para o mercado de trabalho, também funciona nos mesmos moldes que a Alemanha ou não, Carina?

    Outra consideração: houve um comentário através das redes sociais que não haveria mais a exigência do visto para estudantes brasileiros no Canadá a partir do ano passado (2015). Confere essa informação?

    E outra informação, importante de ser compartilhada no seu blog, é descrever todas as exigências do visto canadense, em especial a renda exigida pelo seu consulado…

    Escrevo isso a você, Carina, porque, quando fui ao Canadá em janeiro de 2012 com uma escola de idiomas aqui da minha cidade (Jaraguá do Sul) fazer intercâmbio cultural, apenas com o visto de turista, houve a exigência de uma renda muito alta para o nível de vida do nosso grupo (+ ou – em torno de US$ 6.000 dólares canadenses), e tivemos que ir em grupo, já que, dessa forma, um complementa a renda do outro, facilitando, e muito, a aprovação do visto coletivo… Mesmo assim, o nosso visto demorou mais de 2 meses para ser aprovado, gerando uma ansiedade e desespero muito grande em todos os membros do grupo, já que nos foi exigido o pagamento/custeio da viagem anteriormente, e vários documentos sigilosos, o que, nos dias atuais, precisamos cuidar e muito, para que essas informações não vazem e não caiam nas mãos de oportunistas de plantão…

    Percebo em você uma sinceridade e humildade muito grande nos seus relatos e nas exigências canadenses para os estrangeiros que ingressam no país, seja com qual finalidade/objetivo for… Com isso, considero importante também expor as exigências para se ingressar no Canadá, principalmente em relação ao visto canadense e qual é a renda (em US$) exigida atualmente pelo consulado canadense para o ingresso de estrangeiros no país, pode ser, Carina?

    Grato pela atenção, e oportunidade de expor em seu blog,

    Cláudio

    1. Olá Cláudio, tudo bem com você?
      Com relação ao ensino aqui em Vancouver eu acredito que não seja igual ao da Alemanha não, embora o sistema de seleção para a faculdade seja baseado no desenpenho do aluno nos anos de estudo, acredito que caso o aluno se empenhe en entrar na faculdade ele tem todas as chances possíveis, embora muitos canadenses optem por colleges que são instituição de ensino superior voltado para um ensino mais técnico e carreira. Mas eu não consigo opnar com certeza, como não tenho filhos eu não tenho um aprofundamento nesse assunto.
      Sobre o visto ainda é uma exigência para os Brasileiros, eles prorrogaram a medida e ainda não tem data prevista para decidirem se irão tirar a exigência do visto ou não…com o Brasil em crise acho que isso ainda está longe de acontecer.
      Muito obrigada Cláudio pela sua sugestão, irei pensar nisso com certeza..como eu não trabalho com imigração, ou seja, não sou consultora de imigração que aqui é bem regulamentado, eu tenho que tomar muito cuidado ao escrever sobre vistos em geral. Sabe como é, se alguém se sentir irritado, isso pode me gerar problemas, no geral eu somente escrevo de experiências na qual eu passei, porque isso ninguém pode questionar pois é a minha experiência. Mas claro eu passeio por essa comprovação de renda e esses exigências, só preciso arrumar uma forma de relatar isso, já que as coisas mudaram muito de 3 anos para cá.
      Obrigada pela sugestão.
      Abs
      Carina

  2. josué

    Boa tarde, e um feliz ano novo com Jesus Cristo. Saúde, paz e dinheiro. Você poderia me informar algun(s) consultor de imigração que possa me auxiliar no processo de imigração. Se possível otímo se não muito obrigado. josué

  3. josué

    fiz o envio da mensage mas uma vez sem querer disculpa. Mas então sou tecnico em edificação e estou fazendo gestão ambiental tenho englês intermédiario “falo entendo escrevo”mas a vagas de emprego que busquei acredito que seja vaga espescificas e é na area de fornação contrução civil, tenho bastante experiência,possuo uma pequena company aqui na area de concret finish . Esta seria uma opição. Gostária que voçê podesse me dar um north. desculpe pelos envios separados, obrigado desde já

    1. Olá Josué, muito obrigada pelo seu comentário. Eu sei que a área de construção cívil é bem aquecida aqui no Canada, porém não saberia nem por onde começar a te orientar sobre isso. Eu sei que existe uma modalidade de imigração chamada de Trades que é específicas para profissionais da área de construção, elétrica e afins, por isso te aconselho a procurar um consultor de imigração para poder se orientar mais sobre isso.

      Abs
      Carina

  4. Ana Paula

    Carina, adorei seu blog… muito bom! Eu e meu marido estamos querendo ficar uns 8 meses em Kelowna para estudar inglês. Ele consegue trabalhar a distancia e as crianças ja estão encaminhadas. Escolhemos kelowna pq já conhecemos e adoramos a cidade. Mas estamos com dificuldades de achar um lugar legal pra morar, vc teria alguma indicação? Ou então, tipo uma imobiliária legal que faça esse tipo de locação. Muito obrigada, Ana Paula

    1. Oi Ana Paula, muito obrigada pelo seu feedback, fico muito feliz em saber que vc gostou do meu blog!!! 😉

      Que legal, Kelowna é uma cidade linda, eu já conheci e adorei…com certeza um ótimo lugar para morar!! Eu sempre procuro pelo site: http://www.padmapper.com/search/apartments/British-Columbia/Kelowna/# O Padmapper extrai informações de vários locais, inclusive de imobiliárias, tente achar algo por ele!!! Nele vc consegue ter o contato direto das pessoas que estão querendo alugar.

      Boa sorte!
      Abs
      Carina

  5. José Kayk

    Boa tarde, parabéns pelo blog, gostaria de saber se uma família de um casal e uma criança com renda total de CAD $ 6.176,00 mensal vive bem em Vancouver? estou me formando engenharia civil, gostaria de fazer um intercâmbio nas férias no Canadá, pretendo moral ae daqui alguns anos, juntando uma grana, pois o mercado e a economia para engenheiros aqui no Brasil está ficando muito cheio, me ajuda, obrigado!

    1. Olá José, muito obrigada pelo seu comentário!!
      É dificil afirmar se com essa renda a sua família viveria bem, mesmo porque as pessoas possuiem padrão de vida e costumes diferentes! O que eu posso dizer é que esse valor é considerado por aqui uma renda mensal boa (considerando renda líquida).

      Abs,
      Carina

  6. Mabel Passos

    Mais uma vez seu blog me surpreendeu. Além de explicar bem, são opiniões e informações bastante realistas! Obrigada 🙂
    Mabel

  7. Fernando Carvalho

    Carina, você considera que uma renda anual de 100 mil dolares canadences é suficiente para viver bem com uma familia de casal e 2 filhos pequenos? ]
    Obrigado,
    Fernando

  8. Vanessa Teixeira de Faria Campos Viana

    Olá Carina.. Meu nome e Vanessa. Sou casada, tenho uma filha de 6 anos, sou Servidora Pública em Brasilia, meu esposo tem 50 anos e já está aposentado. Eu tenho 46 anos e me aposentarei no início de 2017. Pretendemos ir para o Canadá, aonde acreditamos que nossa filha terá uma Educação de Ponta. Não precisaremos trabalhar aí para o nosso sustento, mas depois de nos firmarmos aí, gostaríamos sim de produzir e não ficar parados. Meu esposo atualmente dá aulas de Pilates, é formado em Educação Fisica. Eu além de ser Servidora Pública, sou formada em Direito e pretendo, no futuro, estudar Direito aí no Canadá. Somos pessoas ativas. Me diga uma coisa: nessa situação, por sermos aposentados, teríamos facilidade em conseguir o Visto Permanente?

    1. Oi Vanessa, eu te recomendaria procurar um bom consultor de imigração para saber no detalhe sobre o seu caso, eu realmente não saberia te dizer!!! Se vc quiser posso te indicar uma ótima consultora e de confiança me manda um email: contato@outsidebrasil.com Vc precisa mesmo falar com um profissional pois este sabe informações de todos os programas que o Canadá possui e podera achar um que se enquadre melhor no perfil de vcs.

      Abs
      Carina

  9. Aline

    Oie Carina tudo bem! Adorei o texto e você está certíssima!!!depois de mais de um ano de economias e planejamento eu e meu Marido estamos indo para Vancouver…gostaria da sua opinião a respeito de apartamentos para alugar…estamos um pouco na dúvida sobre qual o melhor local(tenha boas opções de transporte e seja em conta), ouvi dizer sobre alguns lugares perigosos, não sei se é boato!!!tem como você me passar o nome de alguns lugares que você ache legal é que tenham um custo bom…vamos fazer um curso rápido na VGC(durante 4 meses) e depois meu marido inicia o College na Langara…beijo e fique com Deus!!!! 🙂

    1. Oi Aline, obrigada pelo seu comentário, fico feliz que tenha gostado do post. Quanto a alugar, tente achar algum ap proximo ao Skytrain, eu moro a 100 mts da Joyce Station e acho muito prático, em 15 minutos estou em Dtw. Quanto a lugares mais em conta, ai terá que se afastar um pouco de dtw Vancouver e tentar escolher nas cidades da metro Vancouver, como Bunaby, New Westminster, Coquitlan, Surrey… porém tem que considerar se valerá à pena pois o transporte será mais caro, então tem que colocar na balança. Lugares perigosos, eu te aconselho a não morar perto da Hastins st em Vancouver ou perto da região portuária…tem muito louco perambulando por lá! Algumas pessoas dizem que Surrey é perigosa, porém tenho amigos que moram lá e adoram, eles dizem que os canadeses não tem como referência o Brasil, e por isso acham lá perigoso! Espero ter ajudado, boa sorte na sua jornada. Abs e fica com Deus.

  10. Antonio

    Olá Carina, primeiramente gostaria de parabenizá-a pelo blog, me ajudou a esclarecer alguns pontos sobre o PR, pois tenho uma certa preocupação; Ontem (09/04) entrei em site sobre programas de imigração para o Canadá e fiquei interessado no enunciado, que descrevia a forma de se adquirir o PR. O nome do site é Immigration.ca, e lá cliquei em um link para preencher um formulário para ser analisado, para comprovar minhas condições em ser aceito nesse programa. Pois bem, preenchi o formulÁRIO meio que sem compromisso, pois já fora recusado antes por um “Attorney” de Manitoba por não ter os requisitos necessários (não tenho uma profissão que estivesse na lista que eles divulgaram, etc). Estava eu achando que não iria ser aprovado novamente quando recebo um email hoje dizendo o seguinte:
    “I have carefully reviewed the information you provided and I note that you have excellent work experience and educational background. On the basis of these and other factors, you would be an ideal candidate to apply for our Canada Priority Residence program.”
    Confesso que fiquei um pouco desconfiado, pois coloquei exatamente as mesmas informações que já havia colocado em outro formulário, ou seja, que sou professor, tenho experiência na área de educação ambiental e trabalho atualmente com recepção de pessoas, enfim, nada daquilo que eles querem (acho eu). No entanto, respondi ao email falando de meu interesse em seguir o programa.
    O que gostaria de saber de você é se existe alguma possibilidade d isso ser alguma fraude, se você já ouviu falar de sites “Scams” que fazem esse tipo de serviço. Me ajude, por favor!!

    1. cacaiani

      Olá Antonio, me desculpe pela demora em responder, achei o seu comentário na caixa de spam hj! Really sorry.
      Então, aqui tem bastante scan sim, eu aconselho a vc tomar cuidado e não ir passando todo o tipo de informação. Como tem muito brasileiro querendo vir para cá, tá cheio de empresa “aproveitando”essa onda, algumas são sérias e outras nem tanto. Desconfie de tudo e busca sempre conferir as informações. Eu não conheço essa empresa que vc citou, então não sei te dizer se é ou não idônea.

      Boa sorte
      Abs Carina

  11. Lucas

    Olá, não sei se você acessa o blog ainda mas mesmo assim vou tentar haha
    Sou engenheiro aqui no Brasil e gostaria de saber se é muito burocrático ou até mesmo difícil validar meu diploma para poder trabalhar aí no Canadá. Outra coisa seria se eles teriam preconceito por eu não ter me formado aí ou coisa do tipo. Obrigado!

    1. cacaiani

      Olá Lucas,
      Como Eng. é uma profissão regulamentada tem um processo que vc tem que seguir, vc pode consultar esse site aqui que é do consulado para poder se orinetar melhor do processo: http://www.cicnews.com/2013/10/receiving-engineering-license-canada-process-103015.html
      Com relação ao preconceito, eu não saberia te dizer!!! É muito difícil ver atitudes preconceituosas aqui pq o país que tem muito imigrantes, porém com relação ao mercado de trabalho acredito que deva rolar sim algo do tipo: se vc e um canadense estiverem equivalentes em termos de skills acredito que a preferência será do canadense, porém o Canada tem carência de engenheiros então se vc tiver o seu diploma regularizado aqui e tiver um bom inglês acredito que não terá muitos problemas com relação a isso.

  12. Ótimo post Ca!! Super realista (eu fico nervosa toda vez que vejo uma “nova/velha” matéria falando que o Canadá quer estrangeiros. Eles queriam há 20 anos, agora já extrapolou o limite e só não fecham as fronteiras porque não legalmente não podem kkkkk). Bjao, Cris

    1. cacaiani

      Obrigada Cris!ë eu acho tbém que a coisa não está tão escancarada assim…basta ver a última duas seleções do Express Entry eles só pegaram quem tem uma oferta de trabalho. Ou seja, sem emprego no way! Pelo menos é o que dá a entender… Bjus

  13. michelly

    Ola sou casada e me matriculei na faculdade de veterinária recentemente e tenho 4 filhos. Como seria a imigração no meu caso.Como solicito o visto permanente e como ficaria a questão de emprego e escola para as crianças.Meu marido é vendedor.como é essa area

    1. cacaiani

      Olá Michelly, expliquei um pouco cobre o processo nesse blog: http://outsidebrazil.com/2015/01/09/imigrando-atraves-de-estudos-informacoes-sobre-o-programa-bc-international-graduate/
      Com relação as escolas para seus filhos, como vc estará com o visto de residente temporário eles terão direito a estudar, isso não será nenhum problema. E com relação a área do seu marido eu realmente não sei, porém vaga pra vendas sempre sejo em várias empresas, e se o nível de inglês dele for muito bom eu acho que nao terá problemas para arrumar um emprego nessa área.
      Abs
      Carina

  14. Nataly

    Muito bom Carina, te mandei um email hj, é ótimo ter pessoas q mostram a realidade e não fantasias, imigrar para o Canadá tem sido um grande planejamento pra mim e pra minha família e ver seu post não me desanimou ao contrario só me fez qrer me preparar mais, mto obg!!!!

  15. rita

    Nossaaa.Vc fou bm realista.Isso e muito lega l pq vejo um bando de sem nocao por ai achando que o Canada vai resolver todos os seus problemas.

  16. Renato

    Só o Brasil paga pra quem quer morar aqui!! Pretendo sair desse paisinho o quanto antes, por isso estou pesquisando diferentes possibilidades. Alemanha tbm é uma boa opção!! Tenho até 2016 pra decidir o que fazer!!
    Obrigado pelo ajuda!! Seu post é bem útil!!

  17. Perfeito!!!
    Da ate pra trocar por Australia onde ta escrito Canada hahaha exceto por alguns detalhes dos vistos esta tudo muito parecido com o que eu escuto tambem, concordo ate com o leite condensado hahaha
    Parabens pelo texto, ficou otimo! 🙂

    1. cacaiani

      Oi Michele,
      Muito obrigada, eu imagino que você receba os mesmo questionamentos, tem muita gente querendo sair do Brasil!!! E com relação ao leite condensado outro dia alguém postou em uma comunidade se dava para enviar leite condesado por correio do Brasil para cá!!!! kkkkk eu ri muito…meu!!! falá sério. Abs

  18. SORAIA

    Muito legal o jeito despojado que você escreve. Realmente nos iludimos com informações distorcidas, que como você bem citou podem causar até separacão de casais que não estão na mesma sintonia e na mesma disposição para “perder” tanto tempo, tanto dinheiro e tanta energia neste processo. Eu me desiludi ao longo do ano passado. Queria muito um país melhor para minhas filhas crescerem. Mas o processo realmente é para aqueles que possuem “bala na agulha”. Não é pra todos. Não é pra quem tem filhos pequenos e não tem “costas quentes” te bancando…. Nos resta esperar que todas as previsões deem errado e que o Brasil possa nos acalentar. Abs, Soraia

    1. cacaiani

      Olá Soraia, sinto muito!!! Com relação ao dinheiro concordo que tem sim que ter uma boa reserva para vir combinado a um bom planejamento, se cercar de todas as informações. conheço bastante gente que vieram com filhos também e não posso afirmar que o Canadá não quem tem filhos pequenos…o que é preciso é ter planejamento, estar preparado psicologicamente para essas mudanças e claro dinheiro para poder bancar esse sonho.
      Obrigada pelo comentário.
      Carina

      1. Geovani

        Soube de uma forma de imigração em que o candidato paga 6000 dólares canadenses e tem direito a ficar no País estudando ou trabalhando um período de tempo.
        Mas pelo que tenho lido a respeito da imigração para o Canadá, o ideal para quem está com mais de 40 anos, é imigrar em casal, juntando no mínimo uma renda anual de 100 000 dólares canadenses vitalícios, seja em negócio próprio seja aposentadoria e imigrar que o visto permanente vem mais rápido.
        Imigração legal de latinos nos Estados Unidos ficou praticamente restrita a ricos. Com investimentos de 500 000 dólares e criação de empregos por lá. O Canadá é o caminho mais fácil mesmo para latinos classe média entrarem no primeiro mundo.

      2. Olá Geovani,
        Acredito que vc esteja com um monte de informações desencontradas e acredito que seja preciso você se informar um pouco melhor!
        Se você optar por vir estudando em uma faculdade ou college aonde o investimento será em média 15 mil dolares por ano, após os estudos pode-se obter um PGWP (Pos graduate work permit) de até 3 anos, dependendo do tempo de estudos, e para se obter esse PGWp somente em instituição de ensino qualificada. Esse processo NÃO é um processo de imigração (que fique bem claro) é somente de estudo e trabalho, para poder imigrar após formado tem que atingir TODOS os requisitos de algum programa de imigração canadense. Ou seja não é nada garantido!
        E sim quanto mais velho mais difícil será conseguir o status de imigrante!! No programa EE (Express Entry) perde-se 5 pontos para cada ano à partir dos 30.
        O fato de ter uma renda de 100 mil dolares canadenses não te garante imigração se vc não se qualificar em algum programa de imigração.
        E como nos EUA se optar por vir com visto de investidor terá sim que investir algo em torno de 500 mil dolares, em determinadas áreas de negócios e que gere empregos.

        Espero ter esclarecido algumas coisas!

Seja bem vindo e muito obrigada por seguir o OutsideBrazil!

%d bloggers like this: