14
Jul
2015
5

Custo de vida em Vancouver – Casal com filhos

***Post atualizado em Maio de 2016

Como esse é um dos assuntos mais questionado de todos os tempos pelos meus leitores, eu resolvi escrever um pouco mais sobre ele. Ja escrevi há alguns meses atrás o post: Custo de Vida em Vancouver  dicas básicas, que é baseado em um casal e que dá uma noção legal de quais as despesas básicas que se tem aqui em Vancouver. Como eu não tenho filhos eu recorri a ajuda dos universitários kkkk conversei com alguns amigos para saber mais sobre experiência deles e os gastos mais comuns no dia-a-dia de quem tem filhos.  Abaixo segue a relação de custos:

family-moving

Family moving

Aluguel

Normalmente, quem resolve mudar de país com toda a familía já tinham uma vida mais estável no Brasil, e portanto vai querer proporcionar algo muito próximo ao que tinha lá aos seus filhos. A maioria dos casais que conversei, dizem colocar o conforto de seus filhos em primeiro lugar (óbvio)! Eles acham que a mudança de país, saída da escola no Brasil, perda dos amiginhos e distância da familia, já são perdas suficientes para os seus filhos, portanto tendem a buscar um pouco mais de conforto e na hora de alugar  dão preferência para apartamentos com 2 ou 3 quartos (dependendo do número de filhos). Eles querem pelo menos poder manter o quartinho das crianças  para que elas tenham o seu próprio espaço. Um apartamento de 2 dormitórios custa em média  CAD$ 1400 – 1600 e o de 3 dormitórios – CAD$ 1600 – 2000, você consegue achar algo mais barato, pois alguns fatores irão influenciar no custo do aluguel, como idade do prédio, distância, etc. Alguns prédios, não sei se em todos, existe um limite de pessoas para morar no apartamento, aqui no meu condomínio para apartamentos de um dormitório, tem um limite de 3 pessoas, já no de 2 dormitórios são no máximo 6. Essa regra existe para evitar que o locador subloque o apartamento para outras pessoas, como é o caso de estudantes que dividem o apartamento em vários para baratear o custo. Porém essa regra não é para todos os lugares.

Transporte – Carro

Sempre tivémos carro no Brasil, e quando chegamos aqui em Vancouver decidimos ficar um tempo sem carro, o que aqui é perfeitamente possível! A única coisa que me deixava desanimada de não ter carro era ir ao supermercado…compramos um carrinho daqueles igual ao de feira, que ajudava bastante, porém tinhámos que ir no mínimo duas vezes por semana…afffff. Então imagina com filhos?! Aqui tem as embalagens tamanho famíla, que valem mais à pena comprar, porém são enormes e pesadas. Além é claro dos passeios e todos os cacarecos que precisa carregar quando se tem filhos. Por esses motivos muitos pais optam por ter um carro. Comprar um carro aqui eu não acho caro, acha-se carro usado por CAD$5 mil e até mais barato, se estiver disposto a comprar algo mais velho, porém o que pesa no bolso é o seguro do carro, aqui é obrigátorio, você não sai revenda sem o seguro. O seguro aqui não é calculado pelo valor do carro, como acontece no Brasil. Como aqui o índice de roubo de carro é muito baixo, o seguro é calculado pelo “estrago” que você pode fazer aos outros (Danos à terceiros), e ao patrimônio público ou privado + os adicionais que você quer contratar (serviços). Portanto se você tiver uma BMW ou um fusca o valor do seguro pode ser praticamento o mesmo, e a média é de CAD$ 2500 por ano. O valor médio do combustível aqui em Vancouver é de CAD$ 1.25 o litro de gasolina, e não se esqueça de provisionar algo para a manitenção do carro, lembrando que aqui os serviços são caríssimos, então leve isso em conta ao comprar um carro usado, quanto mais usado mais manutenção. (Para os valores de transporte público ver no post: Custo de vida em Vancouver dicas basicas

Supermercado

No post anterior sobre custo de vida, coloquei um valor médio baseado na minha experiência, somos um casal sem filhos. Porém para uma família o custo de supermercado pode ser bem diferente dos CAD$ 300/400 que citei anteriormente. Obviamente as despesas mudam porque a quantidade de pessoas muda, e os que tem filhos é preciso considerar despesas que um solteiro ou um casal não teriam. Se as crianças vão na escola, tem que levar o lanche todos os dias, tem que ter mais frutas, as refeições são digamos mais completas e saudáveis, crianças precisam de lanchinhos toda hora. Bom você que é mãe ou pai sabe disso melhor do que eu né?! Portanto a média de custos que uma familia tem por aqui será de : CAD$ 900 por mês baseado em uma familia de 4 pessoas. Porém eu sempre digo que gasto com supermercado é super pessoal, porém esse valor é somente para vocês terem uma noção.

Escola – Day Care

Acho que o maior dilema para as familias que chegam aqui é a questão de escolas para as crianças. Se os seus filhos estão em idade escolar (ensino elementar – 5 anos+), e o seu visto for de residente permanente, residência temporária (6+ meses | trabalho ou estudo – exceto estudo de línguas) o seus filhos terão direito à rede pública de ensino, ou seja, totalmente gratuíto. O horário escolar é das 9:00 am até as 3:00 pm, então, caso você trabalhe ou estude e precise deixar mais tempo,  as escolas irão te cobrar por isso e custa em média CAD$ 420/mês. Já as crianças que ainda não estão em idade escolar terão que frequentar o Day Care, que é particular. Os valores irão variar de acordo com a idade da criança, quanto mais nova mais caro. Para crianças de até 2 anos o valor médio é CAD$ 1200/mês (part-time) e todos os dias da semana. Existe uma opção de deixar a criança e pagar por hora com um limite máximo de 40 horas por mês e a hora fica em torno de CAD$ 10.00 à 20.00. Crianças maiores de 2 anos o custo médio é de: CAD$  1000.00.  Para mais informações é so consultar o side da Westcoast Child Care. O YMCA também tem uma opção de você poder deixar a criança por no máximo 2 horas, o que funciona bem se você tiver algum compromisso, porém tem que ser associado e o valor por hora é de CAD$ 2.50 (http://www.vanymca.org/childcare/) . Somente lembrando que algumas regiões como Downtown Vancouver a fila de espera é longa, uma amiga minha relatou que está com o nome da sua filha na lista de espera desde Novembro de 2014 e ainda não foi chamada, dizem que a precisão de espera é em média de um ano, portanto não é somente o custo que tem que ser levado em conta no seu planejamento.

Lazer

Felizmente lazer é algo barato por aqui, isso porque a cidade possui várias opções grátis, como parques e atrações, e também os centros comunitários oferecem várias atividades, algumas são pagas porém baratas algo em torno de CAD$ 3 e algumas de graça. Os casais que perguntei sobre a média de gastos me disseram que no mês gastam algo em torno de CAD$ 130 a 200 com lazer, porém economizam o máximo que podem. Isso acredito que irá variar muito, pois o gasto será de acordo com as preferências e escolhas de cada um.

Plano de saúde

Como sabemos a saúde pública aqui em Vancouver é paga, como assim!?! Se é público era para ser de graça não é mesmo?! Porém o conceito de público aqui é diferente se comparado ao Brasil, aqui público significa que é administrado pelo governo, e não é necessáriamente de graça. Discutir o sistema de saúde aqui é uma conversa que gera muitos e muitos conflitos, tem quem ame e tem quem odeie, porém na minha opinião bom ou ruim o sistema é mais justo, isso porque todos pagam a mesma coisa e não importa se você é rico ou pobre você não terá nenhum privilégio! Se for em uma emergência de hospital o único critério para te passerem na frente dos outros será a gravidade do seu problema e não o quanto de $$ você na sua conta bancária. Aqui não existe médico particular, somente para fins de estética. Todos tem que ter um médico de família, e se você precisar de um especialista o seu médico de familia irá te encaminhar para um. Enfim voltando ao ponto do valor uma família com mais de 3 pessoas irá pagar um valor fixo de CAD$ 144 por mês.

Na minha opinião os custos mais puxados para um família são o aluguel e o Child Care caso a familia precise usar o serviço, o restante dá para ir adequando ao orçamento. O carro é algo que se faz necessário porém não é essencial, e o supermercado dá para ir adaptando de acordo com necessidade ou realidade. Aqui eu citei despesas que considero que sejam mais importantes, não coloquei despesas com remédios, roupas entre outros porque isso é muito particular e também no post anterior relacionei algumas despesas que não mencionei aqui porque acho que não irão alterar  muito para quem tem filhos, então para mais informações leia o post anterior também.

*** somente lembrando que as informações contidas aqui com base em 4 familias, e os valores são a média de custos informadas por essas famílias e são com base na cidade de Vancouver.

***Gostaria de agradecer aos amigos queridos que me ajudaram nesse post!!

Siga o Outside Brazil clique nos links abaixo:

https://www.facebook.com/outsidebrazil
https://twitter.com/OutsideBrazilBl
https://www.instagram.com/cacaiani/

Está buscando as melhores opções de Hotel, temos uma ótima parceria com o Booking, não deixe de confeir:

 

You may also like

O custo de se manter legal no Canadá
Custo de vida em Vancouver dicas básicas

25 Responses

  1. Caio

    Bom dia Carina,
    Estamos decidindo entre Vancouver e alguma outra cidade para imigrar (casal e dois filhos pequenos).
    Aqui no Brasil temos uma vida bem confortável – na verdade só estamos indo pois estamos preocupados com o futuro dos nossos filhos – e gostaríamos de dar para eles um conforto parecido com o que damos aqui.
    Você sabe me dizer se vale a pena morar em alguma outra cidade próxima a Vancouver, e mesmo assim fazer faculdade e estudar em Vancouver. Sei que o custo de residência em Vancouver é muito caro, então pensei em morar em alguma “cidade satélite” e com isso poder alugar uma casa maior.
    Gostaria muito de saber sua opinião sobre isso.
    Acompanho seu blog faz um tempo e seus artigos foram decisivos para Vancouver ser nossa primeira opção.
    Desde já agradeço.

    1. Olá Caio, realmente morar em uma cidade da região metropolitana de Vancouver é muito mais vantagem para quem vem com a família, Isso porque o custo de vida e preços de moraria é bem mais em conta do que em Vancouver. Dê uma olhada em cidades como Coquitlam, Port Coquitilam, Langley e Port Moody, são cidades próximas,lindas e com excelente infra estrutura, sendo as duas primeiras atendida pelo Skytrain (Evergreen line) e também a Express Coast, o que facilita bem a vida de quem trabalha estuda em Vancouver. Como você disse que precisa de uma casa maior para poder acomodar sua famíla com mais conforto esse é a melhor opção em Vancouver vc irá pagar muito mais caro.
      Muito obrigada por acompanhar o meu blog, fico muito feliz em saber que estou ajudando de alguma forma.
      Abraços e boa sorte!!!
      Carina

      1. Caio

        Carina, muito obrigado pela resposta tão rápida com as dicas das cidades na região de Vancouver. Em 2017 vamos conhecer algumas e escolher uma que consiga unir alguns quesitos como facilidade em encontrar day-care, proximidade com faculdade, e qualidade de vida.
        Por favor se tiver alguma que você imagina que consiga unir isso tudo não deixe de me avisar.
        Mais uma vez, muito obrigado mesmo!

  2. Rodrigo Oliveira

    Carina, parabéns esclarecedor viu. Estou com um projeto futuro de PGWP e como você disse meu maior medo é as crianças , sou empresário e tenho uma vida relativamente estável , mas sonho em dar a minha família e a mim uma qualidade de vida em um nível social e emocional que já não é possível no Brasil. Você acha que terei muitas dificuldades pois um filho tem 6 anos e o outro 1 ano e meio , um de nós dois , ou eu ou minha esposa precisamos trabalhar enquanto o outro estuda para não gastarmos todas nossas reservas. Você acha que é um bom plano.

    1. Olá Rodrigo, muito obrigada pelo seu feedback!!!
      Com relação ao seu plano, acredito que seja um bom plano sim!! Vir para cá estudando e depois tentar im PGWP é a forma mais rápida de estar no Canadá e com bastante chances de dar certo no final (embora não seja garantido). Com relação aos seus filhos, um deles já esta em idade escolar, portanto poderá frequentar a rede pública de ensino, sendo assim não terá nenhum custo para vcs os estudos dele. Não se preocupe quanto a adaptação dele na escola que em 6 meses o inglês dele estará melhor do que de todo mundo heheheehe já vi isso acontecer!! Já o pequeno, provavelmente terá que frequentar um day care (creche), ja que o plano será um estudar e outro trabalhar. Prepare-se para desembolsar uns 1200 dolares se for ficar o dia todo na escolinha. considere esses pontos, e façam um bom planejamento.
      Desejo boa sorte!!!
      Abs Carina

  3. Oi, Carina.
    Estamos com um planejamento de nos mudarmos para o Canadá em, no máximo, 2 anos. A questão da escola ser gratuita nos agradou bastante, mas você sabe se crianças com síndrome de down também são aceitas ou elas têm de ir para colégios especiais?

  4. Moyses

    Olá Carina. Muito legal e muito útil o seu blog. Estou pensando seriamente em ir para o Canada. Morei um tempo nos USA e lá eu já achava a vida muito melhor do que aqui no Brasil. No entanto, neste momento da minha vida existe um diferencial… …a família. E é claro que isso gera um monte de outras dúvidas. Como por exemplo, o idioma… … meus filhos (13 e 9 anos) não falam inglês. As crianças aprendem com muita facilidade, mas acredito que antes que elas possam estudar na escola regular, deverão aprender o idioma. Existe algo direcionado para este tipo de público? Você mencionou que as escolas são gratuitas, então este é um custo que não precisarei computar. Obrigado.

    1. Olá Moyses, eu tenho alguns amigos que vieram para cá na mesma situação, com filhos em idade escolar, porém todos eles os filhos tinham entre 7 e 10 anos que seria o Elementary school, e eles me disseram que as pelo menos na escolha em que os filhos deles entraram, estas estavam bem preparadas para receber esse tipo de aluno e que tinham uma boa estrutura voltada para a adaptação deles. Mas nao saberia te dizer no caso do seu filho de 13 anos se as escolas na idade dele possuiem a mesma estrutura da dos menores.

      Espero ter ajudado um pouco…

      Abs
      Carina

  5. Rafael

    Seu artigo me ajudou muito. Agora ao menos já sei que preciso ganhar pelo menos 2600 ao mês para sustentar a familia, e o restante são para as particularidades mensais…. muito bom…obrigado por nos ajudar!!!

  6. Cristiane Martins

    Ei Carina!!!
    Eu tinha feito um comentário no outro post sobre custo de vida em Vancouver e só depois que eu vi que tem tudinho que eu gostaria de saber neste outro aqui!!! Tô amando seu blog, mais uma vez Parabéns! Vai colocando mais coisas pra gente hehehehe…..Bjss

    1. Oi Cristiane, que bom que vc encoutrou todas as informações que precisa!!! Se tiver mais alguma dúvida pode me perguntar!!!

      Bjus e muito obrigada pelo seu feedback, fico muito feliz em saber!!

  7. Marcos Nolasco

    Oi Carina, parabéns, seu blog é o mais atualizado, organizado e graficamente bonito que visitei sobre a adaptação dos brasileiros no Canadá. As dicas são muito claras e úteis. Minha filha foi aceita na UBC, está no primeiro ano. Eu já costumava visitar Vancouver, agora tenho uma boa desculpa para vir mais (rsrs)!
    Muitas felicidades para vocês, parabéns pela iniciativa, coragem e flexibilidade.

    Marcos

    1. Olá Marcos, muito obrigada pelo seu comentário..me deixa muito feliz mesmo!!! É muito bom receber um feedback assim! Muito Obrigada.

      Parabéns pela sua filha e desejo muito sucesso para ela!! E com certeza agora vc tem um ótimo pretesto para visitar Vancouver sempre, e eu acho que não será nenhum sofrimento!!! hehehehehehe

      Abs
      Carina

Seja bem vindo e muito obrigada por seguir o OutsideBrazil!

%d bloggers like this: