25
Feb
2016
12

Tudo o que você precisa saber sobre o PGWP

Eu tenho recebido muitas perguntas ultimamente sobre o PGWP (Post Graduate Work Permit), e para quem não sabe eu apliquei para o meu recentemente e recebi uma PGWP com validade de 3 anos. Como as perguntas são recorrentes e sempre muito parecidas eu resolvi escrever um post falando um pouco sobre o que é a PGWP, quem tem direito e quem não tem. Somente enfatizando que irei me basear na minha experiência pessoal, na pesquisa que tive que fazer para a escolha da minha instituição e no site oficial do governo do Canadá e no de British Columbia.

Somente enfatizando, o PGWP não é um programa de imigração, é sim uma modalidade de visto de trabalho, concedida a estudantes internacionais que se qualificam possuindo todos os requisitos exigidos. Sendo assim, não é 100% garantido que você irá imigrar através de estudos, suas chances podem aumentar, mas mesmo assim para imigrar terá que passar por outro tipo e processo.

O que é o PGWP

O PGWP é uma permissão de trabalho full time e aberta, ou seja não depende de nenhum empregador, que é concedida para quem estudou em uma universidade (público ou privada – no caso de privada tem que estar credenciada pelo governo) ou college público. A PGWP será concedida pelo mesmo tempo que você estudou e se caso o seu curso tenha durado 2 anos ou mais ela será de no máximo 3 anos. Lembrando que isso fica sempre a critério do oficial que imigração que estiver avaliando o seu caso – então reze para que este esteja em um bom dia hehehehe

Quem tem direito

  • Quem se formou em uma faculdade ou college público;
  • Quem se formou em uma faculdade ou college  privado que seja credenciada para PGWPP;
  • Quem realizou um curso full time em um dos 2 itens acima;
  • Quem estudou por um período superior há 8 meses;

Quem não tem direito

  • Quem estudou em um curso inferior há 8 meses;
  • Quem participou de algum programa de bolsa de estudos;
  • Quem concluiu o curso superior online;
  • Quem já teve uma PGWP;

Fonte: http://www.cic.gc.ca/english/study/work-postgrad-who.asp

Instutuições elegíveis ao PGWP

TODAS as faculdades e colleges PÚBLICOS são elegíveis ao PGWPP (Post Graduate Work Permit Program)!

ALGUMAS faculdades e colleges privados são elegíveis, veja a lista para a província de British Columbia:

  • Acsenda School of Management – Vancouver
  • Adler University
  • Alexander College
  • Art Institute of Vancouver
  • Athabasca University
  • City University of Seattle
  • Columbia College
  • Coquitlam College
  • Corpus Christi College
  • Fairleigh Dickinson University
  • Fraser International College
  • Gonzaga University
  • Pacific Coast University for Workplace Health Sciences
  • New York Institute of Technology
  • Queen’s University
  • Quest University Canada
  • Trinity Western University
  • University Canada West
  • University of Oregon
  • Yorkville University

E não é somente a faculdade ou college que precisa ser elegível, o curso também! Nesse link oficial da província de BC você encontra além de todos os dados das instituições acima, tem também todos os cursos que elas oferecem que são elegíveis.

http://www2.gov.bc.ca/gov/content/education-training/post-secondary-education/find-a-program-or-institution/find-an-institution

Após formado você tem até 90 dias para aplicar para o seu PGWP, e no meu caso demorou quase 3 meses para aprovar.

Um detalhe muito importante e que quase ninguém toca no assunto é: depois que formado quando você tiver dado entrada no PGWP o seu acompanhante perde o direito ao OWP (Open Work Permit). Ou seja, você passa a ter direito a uma permissão de trabalho full time e o seu acompanhante a um visto de turismo. A única exceção para esse caso é: se você no momento da solicitação do PGWP tenha um oferta de trabalho, full time nas categorias 0,A e B da NOC, neste cenário o seu acompanhante poderá manter o status de trabalho.

Segundo o site do CIC veja o link abaixo, o/a acompanhante tem direito ao OWP com a mesma validade da Study Permit do aplicante principal.

**Work permits may be issued with a validity date to coincide with the spouse’s study permit.**

Fonte: http://www.cic.gc.ca/english/resources/tools/temp/work/opinion/policy.asp [Spouses or commom law partners of full time students C42]

PGWP e PR (Permanent Resident – Imigrante)

Já vi muitos vendendo a ilusão de que se cursar uma faculdade ou college aqui no Canadá é a garantia de se possuir o PR no futuro, inclusive recebo perguntas do tipo: Depois de formado aonde retiro o meu PR card? Depois de formado o processo de PR é automático? Se eu me formar no Canadá posso requerer a minha PR? E a resposta para isso é NÃO!!!!! Se formar em uma instituição de ensino superior (que atenda os requisitos para emitir o PGWP – já citados acima) pode te ajudar a se qualificar para um programa de imigração. Como você terá estudado no Canadá, e adquirirá uma permissão de trabalho de mais 3 anos, as chances de você conseguir um emprego “qualificado” são maiores do que tentar isso estando no Brasil. Porém, mesmo assim não é fácil, posso dizer que aproximadamente 80% das pessoas que se formaram comigo ainda estão na busca por um emprego qualificado. Ai se você conseguir o emprego e trabalhar 1 ano terá adquirido a experiência qualificada (Skilled Worker) e se tornado elegível para o Canadian Experience Class – Express Entry. Mas isso não te torna diferente de quem está lá na piscina do Express Entry esperando para ser pescado, isso te garante alguns pontos a mais nessa corrida, ai tudo irá depender de qual será a nota de corte que o governo irá estipular.

Portanto, vir para o Canadá através de um programa de estudo + PGWP não é imigrar, isso te dá direito a um status de RESIDENTE TEMPORÁRIO!

PGWP X EE

PGWP – vindo para o Canadá através de estudo e depois se manter aqui pelo PGWP, é um investimento de longo prazo, são no mínimo 5 anos se tudo der certo nesse período.

Vantagens: 

  • Possibilidade de vir logo para o canadá;
  • Garante alguns pontos a mais no EE; (somente ficar atendo com a idade, pois, depois dos 29 anos a pontuação para o EE começa a cair significamente, então é preciso avaliar, com quantos anos você estará quando se formar e se isso não será impactante para o processo do EE no futuro);
  • Possibilidade de conseguir um Sponsor (LMIA), pois você estará em contato direto com empregadores aqui no Canadá (OBS: não é fácil mesmo assim, mas é mais fácil do que estando no Brasil);
  • Tempo para adquirir uma experiência Qualificada no Canadá;

Desvantagens:

  • É um plano de longo prazo, apesar de garantir a sua vinda para o Canada de imediato, mas nada é garantido;
  • É um plano CARO, visto que em média os colleges custam até 10 mil por ano e as faculdades a partir de 15 mil (CAD) por ano;
  • Exige inglês avançado, afinal se fazer uma faculdade no Brasil na nossa língua já não é fácil imagina em uma língua que não se tem dominío!

Considerações:

Venha com o dinheiro da faculdade ou college garantido, pois é isso que garante a sua estadia aqui, caso falte o dinheiro para pagar os seu estudos, seus planos podem estar comprometidos;

Trabalhar 20 horas por semana, não paga a suas contas! Ok pode ser que para um solteiro que abdique de várias coisas e more em “republica” até dê para passar o mês (bem apertado), mas para uma família já fica um pouco mais difícil. Para o casal aonde um poderá trabalhar full time a questão pagar as contas no final do mês pode ser razoável desde que os dois estejam trabalhando, porém eu não acredito que sobrará para pagar a faculdade/college; (Essa é a minha opinião baseada na minha experiência e na de pessoas próximas).

O visto de trabalho full-time para o acompanhante é realmente muito bom, porém se for uma famíla com filhos menores de 6 anos, considere que o/a acompanhante talvez não consiga ou não tenha tempo para trabalhar. Se você estará estudando (full time)  e trabalhando (part time), e a sua esposa trabalhando full time, quem cuidará do ou dos filhos?  Já que uma vaga em um day care é super concorrida, e o valor a ser pago é algo em torno de C$ 1200 por mês. E então é preciso colocar na balança:

Salário mínimo canadense – Full time C$1600 (bruto) /C$1400 (líquido) – C$ 1200 de day care = sobra de  C$ 200 (full time) + Media de salário part-time C$ 800(bruto)/700 (líquido) = sobra de C$700   Total no mês dos 2 salários= C$900 

*Salário mínimo por hora em BC= C$ 10.45

*Worst case cenário – pode-se ganhar mais por hora, mas no geral sempre fica entre C$ 13 e C$ 15 por hora.

Eu já escrevi dois posts sobre custo de vida, caso queira fazer uma comparação:

Custo de vida em Vancouver – casal com filhos

Custo de vida em Vancouver – dicas básicas

Express Entry (EE)

EE – O Express Entry é o processo federal do governo canadense, ele é um sistema de ranking onde através de uma combinação de idioma, idade, escolaridade e experiência de trabalho gera uma pontuação, e dependendo dessa pontuação o governo do Canadá pode te convidar à imigrar. (Definição super básica, pois não estamos tratando desse programa em específico). Para simular a sua pontuação o site do CIC oferece uma ferramenta: http://www.cic.gc.ca/english/immigrate/skilled/crs-tool.asp  uma espécie de calculadora, e com isso você tem uma noção geral da sua pontuação. Após saber o seu score você pode conferir se está dentro da “nota de corte” divulgada pelo governo de tempo em tempo o que chamamos de draws veja nesse link: http://www.cic.gc.ca/english/express-entry/rounds.asp. O último foi no dia 10/02/2016 e a pontuação exigida foi de 459 pontos, sendo assim se você obter essa pontuação ou mais receberá o ITA (Invitation to apply).

Vantagens:

  • Pode aplicar ainda estando no Brasil;
  • Não tem custo adicional somente os custos do processo de imigração;
  • Se selecionado o governo garante aprovar o seu processo em 6 meses após o envio de todos os documentos;
  • Você já chega no Canadá com o status de PR;

Desvantagens:

  • É muito difícil atingir a pontuação necessária, mesmo para quem já está aqui no Canadá;
  • O sistema não dá enfase para profissões em demanda como o antigo Skilled Worker Program;
  • Quanto maior a sua idade menos pontos você faz no programa (até 29 anos são 100 pontos após 29 cada ano a mais é retirado 5 pontos, ex: 30 anos 95 pontos, 31 anos 90 pontos e assim por diante). Pode não parecer muito mais 5 pontos é muito difícil de conseguir em outras categorias, até uma certa idade é possível recuperar com o nível de inglês, ou seja tirando uma ótima nota no IELTS, mais quanto mais velho mais difícil. (Eu não estou considerando quem tem LMIA ou um convite de alguma província).

Cursos CO-OP

Os cursos CO-OP são cursos de orientação vocacional, e como eles não oferecem um degree, e a maioria deles podem não dar direito ao PGWP. Esses cursos oferecem um certificado que prova que você cursou e não uma colação de grau como chamamos no Brasil. Normalmente para esses cursos  é emitido uma permissão de estudos e uma permissão de trabalho pelo mesmo tempo que você irá estudar. Essa permissão de trabalho somente é emitido porque programa do curso exige um tempo de practical – ou seja um estágio para conclusão do curso. Por exemplo se você optar por um programa de 6 meses de estudos terá 6 meses de permissão de trabalho. Mas terminado o tempo da sua permissão de trabalho, você não terá direito de permanecer no Canadá a não ser que mude o seu status, e também não poderá pedir o PGWP. Neste caso a permissão de trabalho para o seu acompanhante (Esposa ou esposo) não é garantido, isso irá depender do oficial do consulado canadense no momento da análise, eles tem aprovado alguns casos..mas isso é contar com a sorte! Nesse link do consulado canadense você encontra todas as informações sobre o CO-OP: http://www.cic.gc.ca/english/study/work-coop.asp.

Para esse programa eu enfatizo: ele não dá direito ao PGWP, portanto se a sua intenção é ficar no Canadá após o término de seus estudos e considerar uma imigração no futuro, esse tipo de programa não é para você!  (Algums colleges públicos oferecem programas de co-op associado ao um bachelor degree, esses sim dão direito ao PGWP).

O CO-OP é muito atrativo pelo preço (é muito mais barato do que um curso de faculdade ou de college) e a possibilidade de trabalho, e muita gente tem vindo para o Canadá através desse programa, porém eu tenho percebido pelas perguntas que recebo que essas pessoas não possuem a informação correta, e acham que após o término irão poder permanecer no Canadá por muito mais tempo e pedir a PGWP.

Entende que várias instituições mesmo as públicas podem oferecer programas CO-OP, porém para esse tipo de programa não será emitido o PGWP. 

É isso ai pessoal, acho que consegui abordar vários pontos sobre esse assunto, e espero que isso ajude no planejamento de vocês, se tiverem mais dúvidas podem comentar no post que eu respondo e assim fica como um mini-guia para quem está pesquisando sobre esse assunto. E a sua experiência é também super válida para todos nós, seria muito legal se você compartilhasse!!!

*Lembrando que o site do CIC (Consulado Canadense) tem TUDO o que você precisa saber sobre como vir para o Canadá!

Siga o Outside Brazil clique nos links abaixo:

https://www.facebook.com/outsidebrazil
https://twitter.com/OutsideBrazilBl
https://www.instagram.com/cacaiani/

 

TransferWise a maneira mais simples e barata de transferência internacional!

You may also like

Vancouver é a cidade mais cara do Canada, segundo recente pesquisa
Global Talent Stream – CIC lança a lista de profissões e mais detalhes sobre o novo programa
1 ano em Toronto – aprendendo a amar esta cidade
7 melhores outlets próximos de Toronto
ICEFEST – Festival de esculturas no gelo em Toronto
7 eventos gratuitos para curtir em Toronto em Fevereiro
Canadá é top 10 dos países menos corruptos do mundo
Como trabalhar legalmente no Canada
10 motivos para visitar Niagara Falls
Tire suas dúvidas sobre os tipos mais comuns de vistos Canadense

52 Responses

  1. Luiz Packer

    Ola Carina,
    Tenho 3 perguntas:
    *Geralmente existem quantos “Terms” por ano de estudo ai nos colleges Canadenses ?
    *O estudante paga por term ou por ano ?
    *Todo college publico da o direito de trabalhar 20 Hrs semanais ?

    Obrigado por todas essas informações, continue este grande trabalho que você esta fazendo.

    1. Olá Luiz,

      Existem 3 terms por ano o Spring/Summer e Fall terms. Porém, dos 3 você tem obrigatoriamente que estudar o Spring e o fall, o summer é opcional.
      Você pode pagar por term ou por ano, basta negociar na escola, porém o normal é por term.
      Sim, desde que você estude full time.

      Espero ter ajudado,
      Abs
      Carina

  2. Filipe

    Olá Carina, tudo bem?

    Só para tirar uma dúvida, Você tem alguma listagem de colleges privados em toronto que oferecem o PGWPP?

    Exemplo a UCCBT…

    1. olá Filipe, nenhum college privado está credenciado como elegíveis para o PGWP, apesar de alguns alunos depois de formado em alguns colleges privados “conseguirem” o PGWP, porque possuiam um oferta de trabalho na área, isso não é regra e não está na elegibilidade do PGWP portanto foi exceção.

      Abs
      Carina

  3. Marcelo

    olá Carina! Simplesmente excelente, seu site. Parabéns!

    Sou Técnico em Eletricidade, Eng. Eletricista e pós graduado na área de subestações, usinas e linhas de transmissão. trabalho em uma estatal e tenho 15 anos de experiência na área.
    minha esposa é enfermeira, tem doutorado e atualmente é prof. universitária. tem 6 anos de experiência.

    Nossa intenção é ir de vez para o Canadá, no inicio de 2018, se possível para a B. Columbia. já estamos levantando o dinheiro pra nos mantermos e pagar a escola. Tenho 39 anos, ela 34 e temos um filho de 1,5 anos.

    Nossa ideia é ir e começar por baixo (estudo e trabalho), apesar de nossa experiência e formação acadêmica aqui no Brasil.
    Ela iria, a princípio como minha acompanhante, pois o inglês dela ainda é básico e ela iria cuidar do nosso filho. A medida que o inglês dela for melhorando, ela entraria num college pra estudar enfermagem.

    Minha intenção seria fazer um college de 2 anos, trabalhar as 20h permitidas por semana. E após o fim do curso, ficar os 3 anos permitidos do PGWP.

    Bom, Estou a procura de colleges na área de eletricidade. Ja acessei as suas sugestões no post “Tudo o que você precisa saber sobre o PGWP” porém nenhuma delas possui um curso em eletricidade, algo “mais prático”.
    Encontrei um college que me pareceu ser o que preciso, porém é em Toronto.
    https://www.centennialcollege.ca/programs-courses/full-time/?ft=let&trm=E

    Vamos as perguntas:
    1 – você sabe me dizer se o mercado na área de eletricidade é menos cruel que os outros? Não tenho restrições ao tipo de trabalho, posso ser eletricista predial, projetista, trabalhar na indústria, empresas de energia, etc… não faço questão de um trabalho como engenheiro, eu só gostaria de seguir a minha profissão. Será que se eu unir minha experiência no BR com o curso no college, consigo algo melhorzinho?
    2 – você conhece algum outro college (de preferencia na BC), que tenha o mesmo tipo de curso na área de eletricidade desse de Toronto?

    3 – vi as opções de curso (no centennial college) com Diploma, Advanced Diploma e certificate? Isso realmente faz diferença na hora de conseguir um emprego no PGWP?

    4- você acha que minha idade é prejudicial? Estarei com 40 anos quando for.

    Obrigado pela atenção.

    1. Olá Marcelo, muito obrigada pelo seu comentário, fico feliz em saber que o post tem te ajudado, e obrigada também por compartilhar um pouco da sua história!

      A sua estratégia para vir para o Canadá está legal e é um caminho perfeitamente possível para imigrar, muitos assim como eu vieram dessa forma e ando vendo muitas casos de sucesso!
      Respondendo as suas perguntas:
      1) Eu não sei o que seria menos ou mais cruel do que as outros mercados, eu não conheço ninguém que trabalhe nesse área. Porém, o que eu sei é que é uma área bem valorizada e com ótimos salários. O setor de serviços aqui no Canadá é muito bom…eu acredito que vale muito à pena investir nessa área. Sem contar que para vc que está pensando em imigrar no futuro existe um programa de imigração específico para profissionais de algumas áreas e eletricista está entre essas áreas. O programa se chama Federal Skilled Workers Trade sendo esse um dos programas administrados pelo Express Entry. Porém, este programa não é para Engenheiros e sim voltados para cargos técnicos. Então, precisa estar bem definido qual caminho você irá seguir, se será de Electrical Engineer ou electrical technician. E com certeza a sua experiência no brasil contará bastante para conseguir um emprego na área.
      2) Em Vancouver tem 3 colleges públicos ótimos e super renomados – BCIT, Douglas College e o Langara.
      3)Sim faz toda a diferença, os cursos para PGWP precisam ser do tipo DIPLOMA e não certificate.
      4) Para o mercado de trabalho acredito que não, porém para imigração você terá que ganhar pontos em outros quesitos para compensar a idade, nos programas gerenciados pelo Express Entry, após os 29 anos de idade, vai perdendo pontos a cada ano, e isso é prejudicial para a pontuação geral exigida pelo programa. Porém, as chances de você estar aqui legalmente, estudando e com uma permissão de trabalho podem aumentar as suas chances de conseguir uma oferta de trabalho, e isso muda tudo.
      Se precisar de alguma ajuda no seu processo, pode contar comigo…eu trabalho em uma empresa de Consultoria de Imigração aqui no Canada.

      Espero ter ajudado,
      Desejo boa sorte para vcs!!
      Abs
      Carina

    2. Marcelo

      oi Carina, muito obrigado pelo feedback. gostei da dica do Federal Skilled Workers Trade. acho que esse esquema será o melhor pra mim. vou continuar me informando e em breve farei contato para a sua consultoria de imigração. Felicidades pra vocês ai, e mais uma vez , obrigado!

  4. Ana

    Olá Carina, eu estou cursando Business no BCIT e meu programa dá direito ao PGWP. Próximo termo, dois dos cursos que eu quero estão sendo ofertados apenas on-line. Vc sabe dizer se perco p meu direito ao PGWP cursando matérias on-line?

  5. Davi Toledo

    Olá Carina , boa noite !!!
    Tenho várias dúvidas e espero que você possa me ajudar .
    Eu tenho 21 anos de idade e comecei este ano o curso de ciência da computação e irei terminar com quase 25 anos , até lá eu estarei com mais ou menos 75 mil reais pronto para investir no Canadá , isso seria pouco para tentar uma vida ? Posso até fazer um mestrado ou pós dependendo da diferença do preço .
    Meu medo mesmo é do tempo da PGWP , fiquei chocado que é só 1 ano de PGWP para quem faz 1 ano de college (podia ser 2 anos) , como para quem faz 2 anos de college pode até ter 3 anos de PGWP.
    Eu estive observando no site do EE e quando lançou o EE a nota de corte chegou a beirar os 800 e mesmo após menos de 2 anos já está na faixa de 450 e vai abaixando mais e mais meses após meses . Você saberia me dizer se vai continuar abaixando ? Se chegar lá para os 350 creio que ficará ótimo para mim até lá , meu maior medo é a universidade e não o PGWP . Não adianta de nada fazer 1 ano , pagar mais de 25 mil reais e depois de concluir não conseguir um emprego .
    Eu sei que a minha área é uma área de alta demanda no Canadá e isso vai continuar sendo por muitos anos por ser área de TI , espero que esse novo ministro dê uma “facilitada” nos processos . Tais como aumentar o PGWP de 1 para 2 anos .
    Como você mesma disse que você demorou 1 ano para conseguir emprego então imagine o meu medo ? De investir e ter que voltar pro meu país de origem com o sonho jogado fora ? Agora em julho mesmo estarei começando a fazer inglês particular , filmes legendados em inglês entre outras coisas .
    O que seria mais viável fazer apesar de faltar 4 anos ainda ? Sou uma pessoa que não deixa pro final , ainda mais um sonho que tenho desde a infância , o que eu mais espero é que esse EE abaixe cada vez mais a nota de corte pois seria um prazer aplicar pelo EE nunca estando no Canadá e pisar lá sabendo que já ta tudo certo .
    Mais uma dúvida só : em caso do meu EE não der certo na primeira ( sem fazer college e aqui no Brasil ) , eu posso fazer após alguns anos tentando a college e no Canadá ou somente é válido pela primeira vez (sou deficiente auditivo porém escuto o que falam , meu medo dessa listen da IELTS , tem vezes que nem no português eu entendo então imagine no inglês ??
    Que dê tudo certo pois abro mão de várias coisas para realizar , graças a Deus o canadá tem um ministro liberal e que possa abrir cada vez mais as portas usando principalmente o EE e que abandone o tempo de trabalho KKKK .
    Aguardo resposta e me desculpe pelo longo comentário , vi vários posts e você foi a que mais esclareceu a dúvidas e to jogando ela tudo encima de você .
    Você já está morando em Toronto ? Tenho em mente essa cidade .

    1. Olá Davi, tudo bem com vc?
      Com relação ao valor que vc informou é complicado dizer se é pouco, muito ou suficiente porque a cotação do dolar canadense muda a todo momento. Já é dificil prever as proximas semanas então 4 anos é semi impossível. Eu te aconselharia a ir comprando dolar e ir guardando ach que seria a melhor opção. Um curso de mestrado custa em média de 30 a 60 mil dolares dependendo da faculdade, então já dá para vc ter uma idéia de quanto precisará para poder pagar o seu mestrado. Com relação ao PGWP realmente é complicado, essas são as regras, o governo canadense quer que as pessoas passem mais tempo aqui gastando o seu dinheiro hehehehe e por isso quere que os alunos fiquem por mais e 2 anos. Com relaçao ao Express Entry eu sinceramente não acredito que a nota irá chegar em 350 pontos. E com relação a universidade se vc optar por m mestrado acho que irá pegar mais de 2 anos de PGWP, isso pq o mestrado tem em média mais de 1 ano de duração.
      O meu conselho já que vc em tempo é invista no inglês, e tente conseguir um emprego na área, pois para o express entry ter mais de 2 anos de experiência na área, e inglês bom te garantirá muitos pontos. O EE vc cadastra o seu perfil lá e pode ir modificando, atualizando conforme suas qualificações forem mudando ele somente contará como aplicação caso vc seja selecionado e receba o ITA (Invitation to Apply), então se vc quiser cadastrar o seu perfil no EE e depois vir para cá e fazer um college não tem problema, se caso não for chamado até o college terminar vc poderá atualizar as suas informações e com isso aumentar as suas chances.
      Com relação ao exame IELTS tente conversar em um centro de testes, eles devem ter alguma condição especial para que vc consiga realizar o teste, eu realmente não sei te informar.
      Eu estou sim morando em Toronto, vai fazer 2 meses, a cidade é bem legal, irei colocar mais posts no blog sobre Toronto.
      Me desculpe a demora em responder, estou de mudança para o meu novo apartamente e tudo está uma correria enorme
      Boa sorte,
      Carina

  6. Gabriela Ferreira

    Carina, muito bom o post! Tive muitas dúvidas esclarecidas depois dele!! Posso perguntas mais algumas coisinhas?? =)) Vamos lá.. Primeiro ouvi que pra conseguir um work permit pro meu marido eu só poderia aplicar pra um college público, que pra um privado eu não conseguiria.. Só que já vi casos de gente que aplicou pra um college privado e conseguiu.. Isso de fato existe? Tem alguma regra? Estava procurando uma lista com os colleges que são elegíveis em Ontario para o PWGP e só encontrei esse site (http://www.ontarioimmigration.ca/en/pnp/OI_PNPSTUDENTS_INSTITUTIONS.html) e achei pouquíssimas opções! Tenho trocado e-mails pedindo informações com alguns colleges e alguns (que não estão na lista) têm dito que eu posso aplicar pro PWGP.. faz algum sentido isso?? Eles podem estar mentindo?? =O Estou muito insegura com esse monte de informações desconexas!! Meu plano é estudar e conseguir um work permit pro meu marido, mas cada um me fala uma coisa e isso dá muita insegurança…

    1. Oi Gabriela, muito obrigada pelo seu feedback fico muito feliz em saber que vc gostou do post.
      Para conseguir um work permit para o seu marido vc poderá sim aplicar para um college privado, ele terá o direito de te acompanhar aqui durante os seus estudo e obter a work permit durante esse período, tenho amigos nessa situação e eles conseguiram de boa. Porém, os estudantes de college privados não tem direito ao PGWP. O work permit durante os estudos e o PGWP são coisas completamente diferentes. Os estudantes de colleges publicos tem “direito” ao PGWP após se formarem e podem estender a sua estadia por até 3 anos após o término do curso. Já quem fez o college privado não tem como aplicar para o PGWP.
      Essa é a lista do link que vc colocou ai no seu comentário, são colleges públicos de Ontário são elegíveis ao PGWP, esse é um link oficial do governo…e eu sei-lá..desconfiaria caso um college que não estivesse nessa lista dissesse que é elegível ao PGWP…sei-lá pra vender fazem qualquer negócio. Vc pode pedir para o college que te disse que é elegivel te mostrar algum documento oficial que diz que ele é..e manda essa lista para eles perguntado o porque deles não estarem na lista oficial do governo.
      Relamente dá para ficar confusa sim com muita informação…mas eu acreditaria somente nas informações oficiais,,as que estão no site do governo…pq mesmo aqui sendo o Canadá espertinhos tem em qualquer lugar!

      Boa sorte
      Abs
      Carina

  7. Joao Massari

    Ola Carina. Realmente suas informações são preciosas. Obrigado pelo trabalho.

    Fiquei com uma duvida a respeito da Douglas College, se é ou não elegível ao PGWP.

    Ela se encontra no site:
    http://www.cic.gc.ca/english/study/study-institutions-list.asp

    Porem não se encontra (ou eu não econtrei) no site:
    https://www.aved.gov.bc.ca/privatepsed/institutions.htm

    como posso confirmar se ela (ou outra) é elegivel ou não ao PGWP ?

    Obrigado pelo apoio,

    João

    1. Olá João,
      O Douglas College é sim elegível porque ele é um college publico, e todos os colleges publicos são elegíveis. Essa lista que vc viu é referente aos colleges privados, esses somente alguns são eleíveis ao PGWP.
      Abs
      Carina

  8. Dinairton

    Ótimas informações, parabéns.

    Você conhece alguém que poderia me passar informações sobre Winnipeg / Toronto.

    Abs.

    1. Olá Dinairton,

      Eu estou me mudando para Toronto e em breve começarei a escrever sobre a cidade….mas de Winnipeg eu não conheço ninguém. Que tipo de informação vc gostaria?
      Abs
      Carina

  9. Dani

    Carina muitíssimo obrigada pelas suas preciosas dicas! Você é fantástica e também estou devorando seu blog !! Se possível gostaria de te perguntar algumas coisas: eu quero fazer um College de Dois anos em design de interiores, eu preciso necessariamente trabalhar em um escritório de arquitetura ou coisa do tipo ou também contará os projetos que conseguiria fechar como autônoma? E confesso que fiquei preocupada…nao sei se entendi bem, mas você está um ano sem conseguir emprego na sua área? Me perdoe se eu estiver errada…Se for achei que é beeeeem mais difícil do quê as pessoas pensam…e outra coisa, é muito difícil conseguir um estágio na área durante o College? Obrigada, um grande abraço e que tudo dê certo para você! Ah e hoje sou formada em engenharia mas trabalho com fotografia, amo!!!!

    1. Oi Dani, muito obrigada!!! Fiquei muito feliz em receber o seu feedback! 😉
      Se o tipo de programa que vc escolher para estudar for co-op (estudo + trabalho) este programa exige que vc tenha uma experiencia de trabalho na area do seu estudo, entao vc tera sim que fazer um estagio na sua area. Eu nao sei dizer se os trabalhos como autonoma irao servir isso vc precisaria ver na escola. Ja para imigracao pela provincia e pelo Express entry – canadian experience class tem que ser um trabalho full time de 1 ano (ou 2 anos parti-time) e nao pode der coo autonoma. Para isso existe um programa especifico chamado Self-employee. (desculpe a falta de acentuacao o meu teclado esta desconfigurado). Quanto ao emprego e complicado dizer, eu consegui o meu agora depois de 1 ano de formada, porem tenho alguns amigos que conseguiram em 6 meses ou ate antes depois da formatura. Conseguir um emprego na area durante o college eh mais complicado devido a disponibilidade de horario, ja as aulas sao durante o dia e somente se pode trabalhar 20 horas.
      Espero ter ajudade!!!
      Bjus

  10. Caroline

    Olá Carina! Vc foi a única que conseguiu esclarecer minhas dúvidas! A minha agente havia informado que apenas os Colleges públicos davam direito ao PGWP… e ninguém mencionou o Co-op. Será que vc poderia me dizer onde eu consigo a lista dos Colleges Privados de Ontário elegíveis ao PGWP?
    Como é um alto valor de investimento, tenho pesquisado bastaaaaaaaaaaante sobre o Canadá.
    Parabéns pelo blog.
    Abçs!

  11. Adriana

    Oi Carina, descobri o seu blog à pouco tempo e estou adorando.!!!!
    Parabéns, vc consegue abordar assuntos de grande interesse de modo claro e objetivo.
    Fiquei CHOCADA/TRISTE?PREOCUPADA com o tempo que vc disse que está levando para encontrar uma colocação qualificada após o término do college (não é deste modo que as agências de intercâmbio/imigração “vendem” o sonho canadense!!!!!….por isso tenho procurado a opinião de quem está vivendo a realdade!!!!….o lado B do “sonho”).
    Pela sua experiência e/ou de conhecidos, as pessoas continuam em empregos mais simples/sem qualificação após o college por quanto tempo em média?…depende da área de atuação?….esta é uma situação atual ou sempre foi assim?….vc acha que o mercado de trabalho canadense “evita” recém formados sem experiência?…por falar nisso, não vi em lugar nenhum se existe estágio (de preferência remunerado) após o college.
    Obrigada!

    1. Olá Adriana,

      Muito obrigada pelo seu feedback, fico feliz que o meu blog esteja ajudando hehehee

      Então, com relação ao assunto emprego, é complicado avaliar um tempo, como eu citei no meu post pelo menos 80% das pessoas que se formaram comigo continuam na luta por um emprego melhor, dos que conseguiram acredito que levaram em média 8 meses para encontrar um emprego qualificado, porém eles conseguiram somente em entry level. Por ex: tenho uma amigo que tinha cargo de diretor no Brasil e conseguiu aqui depois de formado emprego em um banco super renomado porém como Caixa, assim como tenho outra amiga que tinha 5 anos de experiência em auditoria no Brasil e aqui ela consegiu como assistente administrativo…todos em empresas boas mas como cargos de entrada. E nesses casos ambos tinham bastante experiência. Mas eu não saberia mensurar..acredito que com ou sem experiência as empresas irão tratar do mesmo modo..no final irá leval quem souber se vender melhor!

      abs
      Carina

  12. Ariadne

    Nossa.. muito útil o seu post.

    Mas vc saberia dizer se tipo: eu e meu marido formos para o Canadá para estudar ingles, se depois conseguimos estender o visto para um college. Fomos em uma palestra do consulado e a moça da imigração disse que não poderia. Porém vi várias pessoas dizendo que pode.

    Vc saberia?

    Parabens pelo blog.

    Ariadne

    1. Olá Ariadne, eu conheço bastante gente que fez isso sim! Desconheço essa informação de que não pode, claro que vc terá que comprovar vínculos com o Brasil e capacidade financeira da mesma forma como se estivesse aplicando do Brasil, nada muda.
      Abs
      Carina

  13. Maíra

    Olá. Gostei muito das informações postadas. Poderia me tirar uma dúvida, por favor? Se eu faço um college por 1 ano e ganho o PGWP por 1 ano. Imagine que consigo um emprego cerca de 2 meses após terminar o college. Ou seja, terei apenas mais 10 meses de PGWP (2 meses já se passaram enquanto eu procurava emprego) sendo que eu precisaria de 12 meses de experiência para aplicar para o Canadian Experience. O que pode acontecer neste caso? Após os 10 meses eu seria obrigada a sair do país ou de alguma forma eu poderia prorrogar este work permit, enquanto trabalho, para completar os 12 meses? Obrigada!

    1. Olá Maíra,

      Passado o tempo da sua PGWP você teria que para de trabalhar, e caso não tenha um visto válido vc terá sim que deixar o país, se não estará com status ilegal. Vc pode tentar negociar na sua empresa para tentar aplicar para uma nova permissão de trabalho, alegando que você tem um trabalho e que deseja ficar mais um tempo no Canadá por conta disso, nesse caso o trabalho precisa ser qualificado, e a empresa terá que te fornecer uma carta que prove que vc trabalha lá por x tempo e ganha x de salário e excerce uma funçao dentro da NOC 0.A ou B(Nào estou falando de LMIA) se estiver tudo ok vc poderá aplicar para uma nova permissão de trabalho e ai vai do oficial de imigração analisar e aceitar ou negar isso.

      E caso não possua 1 ano vc não estará apta a imigrar pelo Express Entry/ Canadian Experience Class

      Mas eu acho 1 ano muito pouco tempo de PGWP, mesmo porque como eu disse no post 80 % das pessoas que se formaram comigo ainda não conseguiram um emprego qualificado e eu me formei e em Maio agora já vai fazer 1 ano!

      Abs
      Carina

  14. Oi Carina, tudo bom?
    Achei esse post e o seu blog em ótima hora! Adorei o conteúdo, tudo bem escrito e muito bem explicado.

    Preciso tirar algumas dúvidas, se puder me ajudar ficarei agradecido:

    Eu e minha esposa temos um planejamento a longo prazo, exatamente como você descreveu (intenção de imigrar). Ela vai cursar a Langara, fazendo Post Degree em Business Administration com duração de dois anos. Eu, enquanto isso, utilizarei dos benefícios do OWP.

    A intenção dela (nossa) é aplicar para o PGWP após a conclusão do curso dela (te agradeço pela informação a respeito da minha perda do OWP, não fazia idéia disso). De qualquer forma, até o período de formação dela eu já espero (mesmo) ter conseguido algum Sponsor.

    Eu também gostaria de fazer uma pós ou até mesmo uma outra graduação porem apenas depois que ela se formar (já temos o dinheiro do college dela) pois assim consigo segurar as contas enquanto ela inicialmente se dedica apenas aos estudos e posteriormente (dependendo como estiverem as coisas) tentar trabalhar com as 20h/semanais que são permitidas.

    Quis descrever o cenário para que você entenda nosso caso.

    Eis as dúvidas:
    – Depois que ela concluir o curso, caso eu ingresse em algum college, ela consegue pegar o OWP da mesma forma que eu peguei enquanto ela cursou? Pergunto isso caso algum problema aconteça com a solicitação do PGWP.
    – Ela terá que fazer o Pathway, já li muitas informações diferentes gostaria de saber se durante esse período eu consigo pegar o OWP (não sei se é uma regra ou varia de caso para caso ou humor de quem for avaliar o pedido). Caso eu tenha que esperar ela ingressar no college (li essa informação já), existe alguma possibilidade de trabalhar (informalmente ou qualquer alternativa)? Temos o dinheiro para nos mantermos durante esse período de um possível “não trabalho” mas de qualquer forma dinheiro que entrar é sempre bom para as nossas finanças.

    Desculpe me pelo textão mas seu blog (de tantos que eu já li) abordou informações realmente valiosas para nós que estamos em busca desse sonho.

    Te agradeço mais uma vez e parabéns pelo blog! São trabalhos como o seu que nos ajudam bastante querendo absorver o máximo de informações possíveis antes de embarcarmos em busca dos nossos sonhos =)

    1. Ola Giovanni,

      Muito obrigada pelo seu comentário, fico muito feliz em saber que vc está gostando do blog!!! 😉

      Respondendo as suas dúvidas:
      1. Sim é perfeitamente possível ela pegar uma OPW ao invés da PGWP, porém o prazo da PGWP é de 90 dias.
      2. Então quando vc dá entrada ai no Brasil vc recebem o Stamp no passaporte…a permissão de trabalho e estudos é dado a vcs aqui no aeroporto pelo oficial de imigração. Na hora essa permissão irá sair com uma data de início ( entrada no Canadá) e de término (até 3 meses após o termino do college, data que está na LOA). Nào existe nada na legislação falando que vc não possa trabalhar a partir daquela data (uma vez que vcs já terão as permissões), porém como o visto e a permissão foi dada a vcs por conta do estudo no college teoricamente vc só poderia trabalhar quando o college da sua esposa começar. O que dizer é que vc poderá ser questionado la na frente quando tentar o PR, no meu caso o meu marido começou a trabalhar durante o meu Pathway e até agora nunca fomos questionados, e nunca tivemos problemas. (Ressalto que não sabíamos disso e quando descobrimos que isso poderia acontecer ficamos com muito medo…se soubessemos não iriamos arriscar) Então é questão de vcs decidirem se querem ou não arriscar ( vcs não estarão ilegal, porque tem a permissão)…como eu disse não tem nada na legislação proibindo isso…mais derepente o oficial pode invocar e ai…é um motivo! Entende!!

      Espero ter ajudado!!!

      Muito obrigada,
      Carina

  15. Miriã

    Oi Carina, obrigada pelo excelente post, super completo e realista, como todos os outros que você faz, parabéns!

    Estarei chegando em Vancouver em Junho, para estudar e o meu marido com o owp, bem como você fez.
    Como você já está a algum tempo ai, fiquei curiosa, você já aplicou e/ou foi chamada pelo EE?

    Adoro seus posts!

    Um abraço,

    Miriã.

    1. Olá Miriã, muito obrigada pelo seu feedback!

      Como vc já leu e até comentou no outro post, eu e meu marido já aplicamos para o PR porém não para o EE e sim para o Canadian Experience Class. aplicamos em 2014 e ainda estamos aguardando.

      Muito obrigada por ler o meu blog, eu fico relamente muito feliz de você estar gostando!

      Abs
      Carina

  16. Aline

    Carina, mais uma dúvida.
    Nesse caso o visto de turismo é normal, com duração reduzidas, e não de 1 ano, certo? Então nesse caso ele voltaria antes…

  17. Aline

    Oi Carina! Tudo bem?
    Descobri seu blog há um dia e estou devorando-o! Tudo muito vem escrito, explicado e com muita riqueza de informações. Muito obrigada!!

    Tenho pesquisado muito, mas nunca me perguntei sobre o visto do acompanhante de um estudante de college. Então estou em choque por saber que meu noivo não poderá trabalhar o ano seguinte à minha formação.Estávamos contando, até financeiramente, que trabalhariamos por 1 ano pra juntar dinheiro pra volta.
    O que você faria nesse caso? Estou tentando pensar num plano B agora.

    Beijo

    1. Olá Aline, tudo bem e vc?
      Muito obrigada pelo seu feedback, fico muito feliz em saber que vc está curtindo o meu blog!!!! 😉
      É esse ponto sobre o PGWP ningúem toca no assunto mesmo!!! Eu só fui descobrir aqui quando já estava terminando o meu curso!!! Acredito que vc deveria pegar no m;inimo 2 anos de estudos em uma universidade e ou um college e ensse tempo o seu acompanhante poderia tentar um emprego que classifique vcs para palicar pelo Express Entry, caso o inglês dele seja bom, e ele já tenha uma boa experiência de trabalho no Brasil esse poderia ser um caminho viável.

      Bjus

  18. Ótimo post Carina!

    Vejo muitas pessoas focadas só no PGWP, que precisam dele pra imigrar e não é bem assim ne…esquecem que tem muita coisa pela frente, inclusive a adaptação as aulas, trabalhos do College, etc.
    A vida nem sempre é facil para quem vai com o dinheiro “contado”. Conheço alguns casais em que a mulher estuda e trabalha part-time e o homem trabalha em 3 empregos para conseguir pagar o próximo termo de estudo.
    Quando vc está disposto a mudar, tem que estar pronto para o tudo ou nada. É muito dinheiro envolvido e por isso o planejamento é muito bem-vindo, contar com gastos extras, o tempo parado aguardando emprego, enfim, um passo de cada vez.

    Beijooo

    1. Olá Allan, essa é uma realidade que as empresas de intercâmbio raramente querem deixar transparecer!! Mas que infelizmente eu tenho visto bastante gente passando dificuldades por aqui pq vieram achando que seria tranquilo pagar as contas mais a faculdade somente com o salário mínimo daqui. Eu que fiz poupança e vim com o dinheiro da facul garantido, já passei muitos perregues!

      Muito obrigada pelo seu comentário,

      abs
      Carina

  19. Como sempre, seus posts são ótimos!! Esclareceu bastante!! Vc sabe alguma coisa sobre essas mudanças que estão sendo anunciadas no processo imigratório pro Canadá?? Não entendi mto bem a parte que diz que vão reduzir pra 1 ano o tempo em que residentes permanentes deverão permanecer fisicamente no Canadá… no que isso muda pra gente?? obrigada!

    1. Oi Flávia, muito obrigada pelo seu comentário e pelo seu feedback, fico feliz em saber que vc gosta!! hehehehe

      Até agora as mudanças concretas somente são para os casos de requerer a cidadania canadense, o antigo ministro tinha imposto que somente contaria o prazo a partir do tempo que vc se torna um PR ou seja após x dias depois do PR você poderá aplicar para a cidadania. Agora o novo governo mudou isso, então será contado para cidadania o tempo que você viveu no Canada como residente temporáo (estudante internacional) sendo que: o tempo como residente temporário irá valer 50 % na somatoria para se tornar cidadão ex: se vc viveu aqui 2 anos como residente temporário e mais 4 como residente permanente a sua soma de tempo será = 50% do tempo de residente temporário 1 anos + 4 de PR = 5 anos. E como residente permanente você não poderá se ausentar do Canadá por um tempo superior a 1 ano, eu acho que antes esse prazo era de 6 meses. Eu na vdd preciso mesmo me informar melhor sobre essas mudanças, mas até onde eu sei essa que eu citei acima foi a unica medida que afeta nós diretamente…e nesse caso a mudança foi para melhor.

      Abs
      Carina

Seja bem vindo e muito obrigada por seguir o OutsideBrazil!

%d bloggers like this: