26
Sep
2016
7

Entendendo o Sistema de Imigração Canadense – Federal Skilled Worker Program

Esse é o quarto post da série – Entendendo o Sistema de Imigração Canadense – e dessa vez o tema é o Federal Skilled Worker Program, ou seja, o mais popular dentre todos os programas de imigração da categoria Economic Classes. Esse é o programa de trabalhador qualificado, sendo esta a categoria que mais traz imigrantes para o Canada. No ano de 2014 foram cerca de 28 mil! Nesse post post iremos entender um pouquinho mais sobre o Federal Skilled Worker, como ele funciona e seus principais requisitos.

FSW – Federal Skilled Worker

O FSW (Federal Skilled Worker) é um dos programas de imigração administrados pelo Express Entry, nele se enquadram pessoas que basicamente possuem um mix de:  experiência profissional qualificada, educação, nível de idioma podendo ser Inglês ou Francês e capacidade financeira. Porém, o critério principal é a experiência profissional, sendo que o candidato precisa ter no mínimo 1 ano de experiência full-time ou proporcional part-time, em uma profissão qualificada. Para entender melhor o que é considerado uma profissão qualificada dê uma olhada no post anterior dessa série, onde eu falo e explico sobre a NOC.

Como já mencionado no primeiro post sobre esse tema aqui no blog, o Canadá quer e precisa de imigrantes, porém o Canadá quer imigrantes que possam contribuir ativamente para a sua economia. Sendo assim, o país precisa de pessoas que sejam qualificadas, que possuam bons skills profissionais, educacionais e de idioma, para que cheguem aqui e já consigam se realocar no mercado em empregos qualificados e ganhem bons salário, consumam e principalmente pagem seus impostos.

Portanto, esse programa de imigração visa esse perfil de imigrante. E não pense você que o Canadá dá facilidades para determinadas nacionalidades, isso não é verdade. Vejo várias reportagens dizendo que o Canada quer imigrantes brasileiros, isso não é verdade! O Canadá, quer qualquer imigrante que atendam os requerimentos por ele exigido, então, esses imigrantes podem ser de qualquer parte do mundo. A figura abaixo mostra uma lista dos 10 países de onde mais imigram pessoas para o Canadá, e o Brazil não aparece entre os 10.

lista-por-pais

Fonte: http://www.cic.gc.ca/english/resources/statistics/facts2014/permanent/10.asp#figure7

 Requisitos do FSW

  • Experiência profissional – pelo menos 1 ano de experiência profissional qualificada full time (sendo 1560 horas de trabalho no ano / 30 por semana), ou o equivalente part-time caso você só tenha trabalhado part-time. (20 horas por semana = 80 horas mês x 19.5 meses = 1560 horas), no mesmo trabalho no período de 10 anos.
  • Profissão Qualificada: NOC 0, A ou B;
  • Formação acadêmica – se você não possuir uma formação acadêmica no Canada, será necessário equiparar o diploma, ou seja, mostrar para o governo canadense que a sua formação acadêmica do Brasil é equivalente a canadense. Para isso existem agências autorizadas em vários países, no Brasil é o WES. Enfatizando que o nesse quesito, quanto maior a sua formação acadêmica, mais pontos você ganha, porém o mínimo é formação superior completa.
  • Idioma – para o FWS o nível mínimo de idioma exigido nesse programa é:  CLB (Canadian Language Benchmark) 7 sendo – CELPIP 7 ou 6 para o IELTS. Ou seja, qualquer pontuação menor que esse já te torna inelegível para essa categoria de imigração. E os testes aceitos para o programa de imigração são o CELPIP o IELTS somente o General test, e para o Francês o TEF.  E o segundo idioma também conta pontos para esse programa, então caso você tenha os dois Inglês e o Francês isso irá somar mais pontos na sua aplicação.
  • Capacidade Financeira – sim você precisará comprovar fundos para imigrar por essa categoria, afinal o Canada entende que o primeiro ano na vida de um imigrante é digamos: um pouco mais difícil. Exige-se um certo tempo para se adaptar a nova cultura e pode ser que você ainda não consiga se realocar em um emprego tão bom assim logo que chega aqui. Portanto é preciso provar que você tem dinheiro suficiente para manter você e toda a sua família por pelo menos 1 ano. Veja a tabela abaixo:
fin_table

Federal Skilled Worker – Fonte: http://www.cic.gc.ca/english/immigrate/skilled/funds.asp

Como provar sua experiência profissional

Para provar a sua experiência profissional, você irá precisar dos seguintes documentos:

Carta de referência (original) de todos os seus empregadores no período dos últimos 10 anos de trabalho, precisando obrigatoriamente conter:

  • Papel timbrado da empresa (mais aplicável), nome e dados da empresa no cabeçalho;
  • Assinatura do responsável pela empresa, superior imediato e ou do responsável pelo RH da empresa;
  • Conter dados da empresa como: website, telefone, fax, e-mail, endereço;
  • Carimbo da empresa;
  • Especificar o período de tempo que você trabalhou na empresa;
  • A posição ou as posições que você teve na empresa e tempo que desempenhou em cada uma delas.
  • Descrição das suas principais tarefas e atividades;
  • Salário anual e benefícios;
  • Número de horas trabalhadas na semana;

Documentos adicionais:

  • Contrato de trabalho;
  • Holerites;

Como equiparar o seu diploma

Todos que possuem uma formação superior fora do Canada, precisam realizar o processo de equiparação e ou validação do diploma através de um processo chamado Educational Credential Assessment (ECA), que nada mais é que um processo de verificação do seu diploma, para atestar que o seus estudos equivalem ao mesmo nível dos estudos de mesmo nível aqui no Canadá. No Brasil a instituição responsável por essa verificação é a World Educational Services (WES), neste link está todo o passo-a-passo para realizar o processo.

Como comprovar capacidade financeira

Assim como vários processos de vistos e imigração para o Canada, a comprovação de capacidade financeira também é ponto crucial para se obter sucesso no Skilled Worker, e é exigido que o candidato prove que possui dinheiro para se manter e manter toda a sua família aqui no Canadá durante 1 ano. Os montantes para cada membro da família já foi colocado em uma figura acima. Os documentos mais usados na comprovação de renda são:

  • Extratos bancário dos últimos 4 meses;
  • Extratos de aplicações financeiras, poupanças e investimentos dos últimos 4 meses;
  • Imposto de renda;

Acredito que consegui abordar os pontos mais relevantes do Federal Skilled Worker aqui nesse post, e tentei deixar da forma mais clara possível. Finalizando, gostaria de destacar que sendo o FSW um programa gerenciado pelo Express Entry, é essencial que o candidato/a possua também os requisitos do Express Entry. Portanto, a idade é um fator de extrema importância para esse processo também. É isso ai minha gente, irei finalizando por aqui, e no próximo post irei falar sobre o Canadian Experience Class (CEC), que além de fazer parte da categoria Economic Class, foi o processo pelo qual meu marido e eu nos tornamos residentes permanentes aqui no Canada.

Fontes:

http://www.cic.gc.ca/english/immigrate/skilled/apply-who.asp

http://www.cic.gc.ca/english/resources/statistics/facts2014/permanent/02.asp

Siga o Outside Brazil clique nos links abaixo:

https://www.facebook.com/outsidebrazil
https://twitter.com/OutsideBrazilBl
https://www.instagram.com/cacaiani/

TransferWise a maneira mais simples e barata de transferência internacional!

You may also like

Vancouver é a cidade mais cara do Canada, segundo recente pesquisa
Global Talent Stream – CIC lança a lista de profissões e mais detalhes sobre o novo programa
1 ano em Toronto – aprendendo a amar esta cidade
Overview – Relatório final do Express Entry referente ao ano de 2016
7 melhores outlets próximos de Toronto
ICEFEST – Festival de esculturas no gelo em Toronto
7 eventos gratuitos para curtir em Toronto em Fevereiro
Canadá é top 10 dos países menos corruptos do mundo
Como trabalhar legalmente no Canada
10 motivos para visitar Niagara Falls

8 Responses

  1. Marcos

    Ótimo post
    Uma dúvida, essa experiência profissional tem que ser canadense ou pode ser na área no Brasil msm?
    Sempre tive dúvidas em relação a isso

    1. Olá Marcos, muito obrigada pelo seu comentário e pelo seu feedback, fico feliz por vc ter gostado do post!

      A experiência profissional pode ser no Brazil sim, para esse programa.

      Abs
      Carina

  2. Oi Carina! Tudo bem?
    Uma dúvida que tembém podem ser de outros… uma vez que traduzir documentos é MUITO caro, dos documentos que podem ser utilizados para comprovação financeira temos de apresentar todos?

    Extratos bancário dos últimos 4 meses;
    Extratos de aplicações financeiras, poupanças e investimentos dos últimos 4 meses;
    Imposto de renda;

    Por exemplo, posso traduzir somente os extratos ou somente o imposto de renda do ultimo ano e tudo certo?

    Um abraço!

    1. Olá,
      Quando eu fiz a minha aplicação para o PR, eu não traduzi os documentos financeiros não!!! No meu caso mandei os estratos somente de aplicações financeiras de 4 meses e sem tradução. Nesse caso os extratos são fáceis de saber…o oficial provavelmente irá ver o montante e fazer a conversão. Porém, para casos que precise do IR acredito que esse é necessário fazer a tradução.
      Abraços,
      Carina

  3. Rossano

    Carina, quero apenas parabenizá-la pelo excelente trabalho que você faz trazendo todas essas informações sem o mercantilismo comum em se tratando do Canadá. Obrigado por dividir com todos suas experiências e nos dar a oportunidade de buscarmos a sonhada imigração.

Seja bem vindo e muito obrigada por seguir o OutsideBrazil!

%d bloggers like this: