23
Jan
2017
5

Como trabalhar legalmente no Canada

Como trabalhar legalmente no Canadá? Acho que essa é a pergunta que mais recebo de meu leitores ultimamente! E não vejo esse tipo de questionamento somente nos emails que recebo, vejo também em vários posts ou comentários nos grupos que acompanho no Facebook e em outras redes sociais. Por isso hoje resolvi escrever um pouco sobre esse tema, e explicar quais os tipos de vistos que permitem que nós brasileiros possamos trabalhar legalmente aqui no Canadá.

Primeiramente, para poder trabalhar aqui é necessário um visto de trabalho, certo?! Mas como conseguir esse visto? E o que é preciso fazer para conseguir um visto de trabalho?  Ter cidadania portuguesa ou italiana ajuda a ter um visto de trabalho? Essas são basicamente as perguntas que mais me fazem sobre como obter um visto de trabalho aqui no Canadá. Então irei explicar um pouco de cada uma.

Como trabalhar legalmente no Canadá

Existem basicamente dois tipos de work permit sendo essas: Employer-specific Work Permit e Open Work Permit e quatro formas de se conseguir algum desses tipo de visto de trabalho, a primeira delas é: uma empresa canadense te contratar e ser sua sponsor (Employer-specific Work Permit). Segunda: se matricular em um curso de college, faculdade ou vocacional (Open Work Permit). Terceira: se casar com um canadense (Open Work Permit), quarta e última: para alguns poucos brasileiros existe um programa chamado Work Visa Holiday (Open Work Permit).

Empresa Sponsor: caso você seja contratado por uma empresa canadense, esta poderá em alguns casos te oferecer um visto de trabalho através de um processo chamado LMIA. Através desse processo, a empresa terá que provar para o governo canadense que apesar de ele ter tentado contratar um canadense ou um residente permanente para a vaga, ela não consegui encontrar alguém que se enquadrasse no perfil e por isso está contratando um profissional estrangeiro. Para isso ela precisa aplicar para o processo de LMIA, que leva cerca de 3 meses ou 4 dependendo do prazo de analise do ministério do trabalho do Canadá, para conseguir dar entrada em um visto de trabalho para um profissional estrangeiro. Depois que o ministério do trabalho aprova a LMIA, empresa dá entrada no Work Visa e isso leva mais uns 3 meses, então, o tempo que a empresa terá que esperar para poder contratar um profissional estrangeiro é muito grande, e por isso não são todas as empresas que se engajam muito nesse tipo de processo. Já vi muitos casos de a empresa fazer esse processo quando o profissional já está no Canadá com um visto de trabalho temporário, nesse caso é mais tranquilo, porque a empresa já terá o profissional trabalhando para ela enquanto o processo está correndo no ministério do trabalho e depois consulado. Caso você venha para o Canadá com esse tipo de visto, saiba que o seu visto estará vinculado a empresa pelo tempo que você estiver trabalhando para esta empresa, caso decida deixar o seu emprego e trabalhar em outra empresa, você perderá a sua work permit, tendo que a nova empresa fazer um novo processo de LMIA para poder te contratar.

Estudar no Canadá: caso você se matricule em um curso de college, faculdade e ou curso vocacional, porém a carga horário de estudo terá que ser full-time e nesse caso você terá direito a um visto de trabalho chamado Off-Campus Work Permit que te dará direito a trabalhar 20 horas por semana durante os períodos de aula e 40 horas por semana durante as férias e os períodos de break. Para estudantes de colleges (públicos) e faculdades o direito a um visto de trabalho se estende ao marido e ou companheiro, sendo assim este terá direito ao Open Work Permit vinculado ao visto de estudos do aplicante principal. Neste caso o acompanhante poderá trabalhar full-time durante todo o período de estudos do aplicante principal. Para cursos vocacionais em colleges privados, pode não ser possível conseguir um Open Work Permit para o acompanhante, pelo menos isso é o que está na regra do consulado.  Para mais informações veja o link: http://www.cic.gc.ca/english/study/work-spouse.asp

Casamento: bom essa nem precisa falar muita coisa né?! Claro que se casando com um canadense, você terá direito sim a um visto de trabalho, nesse caso o seu marido/ esposa irá entrar com um processo no consulado que se chama Family Sponsorship, e pedir para seu companheiro/a tenha uma residência permanente aqui no Canadá. Como esse é um processo um tanto demorado, o governo permite que durante o tempo de processamento que você na qualidade de esposa ou marido de um canadense tenha direito a um visto de trabalho, ou seja, uma open work permit.

Work Visa Holiday: nessa caso irão me dizer que brasileiros não tem direito a pedir esse tipo de visto, e toda vez que alguém coloca em algum comentário em algum grupo do Facebook, vira discussão na certa. O fato é que os brasileiro por si só não tem direito mesmo a aplicar por esse tipo de visto, ou seja, não tem como ir até o site do consulado e aplicar. Porém, existem algumas agências internacionais que possuem um acordo com o governo Canadense e essas agências tem uma pequena cota destinada ha brasileiros. Portanto, é possível sim um brasileiro obter o Work Visa Holiday, porém a cota é bem pequena, e tem que se atender todos os requisitos sendo esses: ser recém formado, ter até 35 anos de idade, entre outros. No Brasil apenas uma agência é credenciada para vender esse tipo de “pacote”, confira o site da agência internacional Swap para saber mais detalhes: http://www.swap.ca/in_eng/partners.aspx#Brazil e essa é a página do CIC que diz quais são as agências credenciadas para comercializar o Work Visa Holiday. Com esse visto o candidato poderá ficar por 1 ano no Canadá podendo trabalhar full-time.

Cidadania européia dá direito a ter um visto de trabalho no Canadá

Sim e não, isso vai depender muito de que país é a sua cidadania, ou seja, nem todos os países da Europa podem te dar o privilégio de obter uma work permit no Canadá, abaixo irei colocar a lista de países da Europa que é possível obter um work permit:

Alemanha, Austria, Bélgica, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Holanda, França, Grécia, Irlanda, Italia, Letônia, Lituânia, Noruega, Polônia, Suíça, Suécia, e Reino Unido.

Portanto se você possui cidadania de alguns dos países relacionados acima, você poderá ser elegível a um work permit no Canadá, porém para todos os casos existem requisitos a serem cumpridos, então veja o site do CIC para mais detalhes.

Existem alguns outros acordos bi-laterias entra Canadá e alguns países que dão direitos aos seus cidadãos trabalharem legalmente no Canadá e vice versa, como é o caso do  NAFTA por exemplo, porém não irei citar esses acordos aqui porque não beneficiam nós Brasileiros, mas se você tiver algum interesse pode dar uma olhada nesse link para mais detalhes. http://www.cic.gc.ca/english/work/apply-who-eligible.asp

Se você ainda tiver dúvidas sobre vistos de trabalho deixe um comentário ou mande um email no: contato@outsidebrazil.com

Siga o Outside Brazil clique nos links abaixo:

https://www.facebook.com/outsidebrazil
https://twitter.com/OutsideBrazilBl
https://www.instagram.com/carinabarros_outsidebrazil/

TransferWise a maneira mais simples e barata de transferência internacional!

You may also like

10 melhores países do mundo para ser um imigrante
Vancouver é a cidade mais cara do Canada, segundo recente pesquisa
Global Talent Stream – CIC lança a lista de profissões e mais detalhes sobre o novo programa
1 ano em Toronto – aprendendo a amar esta cidade
7 melhores outlets próximos de Toronto
ICEFEST – Festival de esculturas no gelo em Toronto
7 eventos gratuitos para curtir em Toronto em Fevereiro
Canadá é top 10 dos países menos corruptos do mundo
10 motivos para visitar Niagara Falls
Tire suas dúvidas sobre os tipos mais comuns de vistos Canadense

8 Responses

  1. Sanny Castelo Branco de Souza

    Ola Carina Tudo bem? Por favor poderia me responder sobre o Holiday Visa? Esse tipo de visto pode ser renovado? Estando no Canada com esse visto a pessoa pode aplicar para mudanca de status ou seja para um College por exemplo solicitar visto de estudante + WP e assim permanecer no Canada? Obrigada desde ja.

    1. Olá Sanny, não o Work Holiday visa é somente válido por 1 ano e não pode ser renovado. Porém, se você apliar para um college você poderé sim aplicar para o visto e esperar aqui no Canadá, desde que o seu status não vença. Sendo assim, você tem que aplicar alguns meses antes de vencer o seu work holiday visa.

      Abs
      Carina

  2. Mari Spil

    Perguntinha… no caso de um funcionário ser transferido do local de trabalho no Brasil para uma locação no Canadá, mas dentro da mesma empresa para a qual ele já trabalha no Brasil, isso entra na categoria de empresa sponsor também? Precisa obter um LMIA do mesmo jeito?
    Obrigada!

    1. Oi Mari, precisa de LMIA sim e o visto de trabalho do funcionário fica vinculado a empresa, ou seja, este não pode trabalhar para outro empresa, se for demitido ou se demitir perde a work permit.

      😉

      1. Mari Spil

        Entendi… mas estando no Canadá há algum tempo, essa pessoa consegue aplicar para outro tipo de visto, aplicar para um PR, enfim, ou fica para sempre dependendo desse vínculo de trabalho?

        Outra perguntinha se não for muito pedir (hoje tô abusando, rsrs…). Quem vai por meio de uma empresa Sponsor, precisa comprovar meios ($$$) também? Se sim, quanto mais ou menos?

        Obrigada e desculpa o abuso!

      2. Oi Mari, sim depois de 1 ano de trabalho em profissão qualificada no Canadá a pessoa está elegível ao Canadian Experience Class, sendo esses um dos programas de imigração abaixo do EE, portanto é possível aplicar para a imigração, além de ter algumas opções provinciais também. Porém, isso irá depender da província que a pessoa está.
        No caso de transferência por empresa não precisa de comprovação de fundos, já que a empresa está arcando com todos os custos do funcionário e a mesma irá declarar isso para o governo.

        Imagina, não é abuso nenhum! 😉

        Abs
        Carina

Seja bem vindo e muito obrigada por seguir o OutsideBrazil!

%d bloggers like this: