20
Feb
2017
5

Le Colonial São Francisco- uma fusão de sabores da cozinha Francesa e Vietnamita

Quando ouvi sobre o Le Colonial a primeira coisa que veio na minha cabeça foi: nossa que mistura mais inusitada!!! Eu adoro experimentar novos sabores e então quando cheguei a São Francisco logo no primeiro dia o restaurante Le Colonial foi a nossa primeira escolha na cidade. Eu estava mega curiosa para saber como seria essa mistura a principio meio louca. Acho que vocês também estão loucos para saber, não é mesmo?! Mas primeiro irei falar um pouco mais sobre o restaurante.

Ambiente

o restaurante fica localizado em uma viela na região central de São Francisco, o que dá um certo chame logo de início. A atmosfera no Le Colonial nos transporta a elegância do Vietnã na década de 1920. Tudo dá um ar mais tropical e dá para perceber a inspiração do Vietnam, o piso de cerâmica com um desenhos em mosaico, o teto todo desenhado,  as janelas, o mobiliário de vime, as plantas tropicais, tudo isso acentuados pelo brilho de luz de velas. O restaurante parece que te transporta para o passado e a mais de 10.000 milhas de distância. As fotografias preto e branco dão um toque vintage as paredes e os ventiladores baixos nos faz uma alusão ao clima tropical do Vietnam. Além do salão de jantar principal, o Le Colonial possui o bar e lounge no andar que oferece um ambiente descontraído ao salão com seus tapetes orientais, gaiolas decorativas de bambu, mesas de madeira baixa e sofás confortáveis. O lounge é apropriado para chá, coquetéis, aperitivos ou refeições informais.

Entrada do Le Colonial – Foto: Gabriel Barros

Ambiente – Foto: Gabriel Barros

Le Colonial – Foto: Gabriel Barros

Le Colonial pátio – Foto: Gabriel Barros

Jantar

Achei bem interessante a mistura de sabores, e pude perceber a influência das duas cozinhas em todos os pratos, seja em detalhes de apresentação ou de sabores, também o Chef responsável pelo menu tem um currículo de dar inveja. Chef Peluffo, tem 56 anos, nasceu em Nice e trabalhou em restaurantes distintos e para empresas de culinária de primeira linha em locais como:  França, Itália, Grécia, México, Guiné e Costa do Marfim, além das cidades americanas de Miami e Pasadena. Em 2001, ele esteve `frente de restaurante para a Cúpula do G8 em Gênova, criando refeições personalizadas para oito Chefes de Estado. Em São Francisco, por quase uma década, ele foi o Chef Executivo do Le Bistro, um restaurante local amado por críticos e clientes. Peluffo possui três mestrados, incluindo os de Artes Culinárias e Pastry e Chocolaterie e ele tem se destacado em inúmeras competições Food Network Show como Guy’s Grocery Games (vencedor) e Cutthroat Kitchen onde foi vencedor por duas vezes. Com esse currículo não era de se esperar uma comida ruin, não é mesmo!?

Entrada:  a minha escolha foi um Suon Nuog, que consiste em costela de porco com molho de maracujá acompanhado por pickles de abacaxi e rabanete e a opção do Gabriel foi um Goi Cuon, um rolinho primavera enrolado em alface, com camarão e legumes. Ambos os pratos com uma tendência mais vietnamita. Eu achei o tamanho do meu prato muito grande para uma entrada, parecia mais um prato principal, e apesar de estar bem bom eu não consegui comer tudo porque não sobraria espaço para o proto principal.

Suon Nuong

Goi Cuon

Prato principal: a minha escolha foi uma das especialidades da casa, o Bo Luc Lac, um prato feito com filé-mignon cortados em cubos com um molho agridoce, acompanhado com salada de alface, fingerling potatos (não sei achei uma tradução para o português), tomate cereja. Estava muito bom, a combinação de sabores perfeita e os acompanhamentos caiam muito bem. O Gabriel escolheu o Hai San Thap Cam, o prato parecia bem promissor mais ele não agradou muito não. Acho que era muita mistura de ingredients, tinha mexilhões, moluscos, camarão, vieiras, bacalhau fresco e linguado regado com molho de curry e coco e ervas. Achei um pouco estranho para o meu paladar.

Bo Luc Lac a frente e o Hai San Thao Cam ao fundo

Sobremesa: pedimos somente uma sobremesa porque já estávamos bem satisfeitos, as porções são bem servidas! Mas como eu não dispenso uma boa sobremesa resolvi experimentar, né?! Escolhi o Baba Au Rhum, que foi um bolinho de mandioca embebecido em um infusão de rum, com creme e frutas vermelhas. Tava ruim viu!?

Baba Au Rhum

Minha opinião sobre o restaurante em geral: achei o ambiente bem agradável e com uma atmosfera até um tanto romântica, achei ideal para casal e e uma boa pedida para um sábado à noite. Como eu queria que a nossa chegada em São Francisco fosse especial, então o Le Colonial casou muito bem com a ocasião. O menu foi um tanto confuso para mim, e demoramos bastante para conseguir escolher nossos pratos, mas acho que isso se deve ao fato de ser algo muito novo e diferente. Adorei o atendimento e o serviço é espetacular, tudo funciona muito bem! Gastamos $50 por pessoa para o jantar completo, duas entradas, dois pratos principais, uma sobremesa e bebidas. Achei o valor bem justo pela experiência, pela descoberta de novos sabores, ambiente e atendimento. E portanto recomendo sim de olhos fechados!!

Informações:

Site: http://www.lecolonialsf.com/
Endereço: 0 Cosmo Place, San Francisco, CA 94109 | Telefone:  415 931 3600 –  415 931 2933
Horários: Jantar – Domingo até Quinta-feira: 17:30 – 22:00 | Sexta e Sábado: 17:30 – 23:00

* Estacionamento no local: com validação do restaurante $10 3 horas.
Siga o Outside Brazil clique nos links abaixo:

https://www.facebook.com/outsidebrazil
https://twitter.com/OutsideBrazilBl
https://www.instagram.com/carinabarros_outsidebrazil/

Continue planejando a sua viagem:

Atrações em São Francisco:


Hoteis em São Francisco:



Booking.com

You may also like

Fog Harbour Fish House – São Francisco
São Francisco #1 – Chegando na cidade

Seja bem vindo e muito obrigada por seguir o OutsideBrazil!

%d bloggers like this: